sicnot

Perfil

Desporto

Simeone diz que Tiago "está bem" e só precisa "somar minutos"

© Susana Vera / Reuters

O treinador Diego Simeone disse hoje que o futebolista português Tiago "está bem", após ausência prolongada por lesão, e que agora só precisa de "somar minutos" para recuperar a sua influência no Atlético de Madrid.

"O Tiago está bem. Fez uma boa pré-temporada em Los Angeles e está a crescer no jogo", disse o técnico argentino, após o triunfo por 1-0 sobre o Tottenham, em Melbourne, Austrália, no qual o português foi titular e jogou uma hora.

Simeone lembrou que "técnica e taticamente, Tiago tem sempre um jogo extraordinário".

"Precisamos que continue a somar minutos, completando jogos, e isso vai fazer-nos sentir bem e, sobretudo, a ele, que vem precisando", completou, falando do médio de 35 anos, que alinha pelos colchoneros desde 2010.

O técnico também elogiou o antigo guarda-redes do Benfica Oblak, recordando que "é um dos melhores do Mundo e começou a época em grande nível, na linha do que tem feito desde que chegou ao clube".


Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.