sicnot

Perfil

Desporto

FPF destaca "enorme perda para o desporto português"

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, classificou a morte de Moniz Pereira "uma enorme perda para o desporto português".

"Grande símbolo do ecletismo e do Sporting, foi um praticante destacado de diversas modalidades, com particular destaque para o voleibol e atletismo. Um incomparável professor. Um treinador fazedor de grandes campeões, além de um dirigente histórico do Desporto português", disse o dirigente.

Em comunicado no site da FPF, Fernando Gomes elogia um "homem de vivências incomparáveis, adepto do futebol, que também praticou, e que aliava aos conhecimentos profissionais uma classe que sempre o distinguiu e às instituições que serviu".

"À sua família, amigos e colegas, ao Sporting Clube de Portugal e à Federação Portuguesa de Atletismo envio, em meu nome e em nome de toda a família do futebol, as minhas mais sentidas condolências", conclui.

Moniz Pereira morreu hoje aos 95 anos, depois de uma vida dedicada ao atletismo e ao Sporting, que representou como dirigente, treinador e atleta.

Lusa

  • Morreu Moniz Pereira aos 95 anos

    Desporto

    Morreu o professor, desportista, atleta e treinador Moniz Pereira. O senhor atletismo tinha 95 anos. Moniz Pereira dedicou a vida ao desporto nacional e sobretudo ao atletismo de alta competição.

  • O perfil do "velho leão" do atletismo

    Desporto

    A história da vida de Moniz Pereira, noventa e cinco anos "bem vividos", confunde-se com a do atletismo, que amava como ninguém, e também com a do fado. Mesmo depois de fazer "quatro vezes vinte mais dez", como gostava de dizer, manteve o sorriso de felicidade e citava o refrão do fado que o celebrizou: "Valeu a pena".

  • Filhos do ex-embaixador do Iraque acusados um ano e meio depois,
    2:51

    País

    O Ministério Público deduziu acusação contra Haider e Ridha, os filhos do antigo embaixador iraquiano em Portugal por tentativa de homicídio. Mas há dúvidas de que o julgamento se realize, uma vez que os agressores já não estão Portugal. Tudo aconteceu em agosto de 2016 em Ponte de Sor.

  • Suspeito de esfaquear companheira aguarda julgamento em prisão preventiva
    1:13

    País

    O homem suspeito de ter esfaqueado a companheira num posto de combustível, em Bragança, fica a aguardar julgamento em prisão preventiva. A vítima sofreu 48 golpes por todo o corpo à frente de uma filha menor. A mulher, de 33 anos, foi levada às urgências em estado grave, mas está livre de perigo.

  • Investigação à tragédia de Pedrógão concluída
    1:10
  • Alternativas para vender a sua casa
    8:58