sicnot

Perfil

Desporto

Rui Vinhas mantém camisola amarela na Volta a Portugal

O espanhol Gustavo Veloso (W52-FC Porto) venceu isolado a quarta etapa da Volta a Portugal em bicicleta, impondo-se no alto da Senhora da Graça, enquanto o seu colega Rui Vinhas conservou a liderança.

Vencedor das duas edições anteriores da Volta, Gustavo Veloso cumpriu os 191,9 quilómetros entre Bragança e Mondim de Basto em 5.12.24 horas, cruzando a meta no topo do Monte Farinha - contagem de montanha de primeira categoria - com 05 segundos de avanço sobre Daniel Silva (Radio Popular-Boavista), segundo, e 12 em relação a Joni Brandão (Efapel), terceiro.

O português Rui Vinhas chegou na quinta posição, a 35 segundos, logo atrás do seu colega espanhol Raúl Alarcón, e segurou a camisola amarela, agora com 2.48 minutos de vantagem sobre Gustavo Veloso, que subiu ao segundo posto, enquanto Joni Brandão completa o pódio, a 3.04.

Lusa

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.