sicnot

Perfil

Desporto

Hugo Sancho expulso por se agarrar a viatura na Volta a Portugal

O português Hugo Sancho (LA-Antarte) foi esta segunda-feira expulso da Volta a Portugal em bicicleta por se agarrar a uma viatura durante a quinta etapa, que iniciou no 22.º lugar, a 6.16 minutos do líder Rui Vinhas (W52-FC Porto).

O corredor natural de Mortágua, de 34 anos, 14.º na Volta em 2013 e 15.º em 2015, foi punido pelo colégio de comissários com a expulsão da corrida e com uma multa de 200 francos suíços (cerca de 185 euros) pela infração, num dia recheado de ocorrências.

Nos 153,3 quilómetros da etapa entre Lamego e Viseu, o brasileiro João Gaspar (Funvic Soul Cycles) foi desclassificado de uma meta volante por 'sprint' irregular e multado em idêntico valor ao de Sancho.

O impulso em viaturas custou 50 francos suíços (cerca de 46 euros), 10 segundos de penalização e a subtração de cinco pontos na classificação ao australiano Timothy Roe (Drapac), ao espanhol Pello Olaberria (Euskadi-Murias) e ao colombiano Robinson Gomez (Inteja-MMR).

A mesma multa foi cobrada ao australiano Nathan Earle (Drapac) e o italiano Franco Pellizotti (Androni Giocattoli), mas por abrigo prolongado, além de 20 segundos de penalização na classificação geral, enquanto o valor ascendeu aos 200 francos suíços às respetivas equipas.

O comunicado dos serviços médicos dá ainda conta da assistência a seis corredores vítimas de queda e a evacuação de Filipe Cardoso (Efapel) para o hospital e a tentativa de o fazer ao colombiano Heiner Parra (Boyacá), mas, por decisão do diretor desportivo, o corredor abandonou a ambulância.

Após a quinta etapa, vencida pelo espanhol Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), a 78.ª Volta a Portugal é liderada pelo português Rui Vinhas (W52-FC Porto).

Lusa

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.