sicnot

Perfil

Desporto

Hugo Sancho expulso por se agarrar a viatura na Volta a Portugal

O português Hugo Sancho (LA-Antarte) foi esta segunda-feira expulso da Volta a Portugal em bicicleta por se agarrar a uma viatura durante a quinta etapa, que iniciou no 22.º lugar, a 6.16 minutos do líder Rui Vinhas (W52-FC Porto).

O corredor natural de Mortágua, de 34 anos, 14.º na Volta em 2013 e 15.º em 2015, foi punido pelo colégio de comissários com a expulsão da corrida e com uma multa de 200 francos suíços (cerca de 185 euros) pela infração, num dia recheado de ocorrências.

Nos 153,3 quilómetros da etapa entre Lamego e Viseu, o brasileiro João Gaspar (Funvic Soul Cycles) foi desclassificado de uma meta volante por 'sprint' irregular e multado em idêntico valor ao de Sancho.

O impulso em viaturas custou 50 francos suíços (cerca de 46 euros), 10 segundos de penalização e a subtração de cinco pontos na classificação ao australiano Timothy Roe (Drapac), ao espanhol Pello Olaberria (Euskadi-Murias) e ao colombiano Robinson Gomez (Inteja-MMR).

A mesma multa foi cobrada ao australiano Nathan Earle (Drapac) e o italiano Franco Pellizotti (Androni Giocattoli), mas por abrigo prolongado, além de 20 segundos de penalização na classificação geral, enquanto o valor ascendeu aos 200 francos suíços às respetivas equipas.

O comunicado dos serviços médicos dá ainda conta da assistência a seis corredores vítimas de queda e a evacuação de Filipe Cardoso (Efapel) para o hospital e a tentativa de o fazer ao colombiano Heiner Parra (Boyacá), mas, por decisão do diretor desportivo, o corredor abandonou a ambulância.

Após a quinta etapa, vencida pelo espanhol Vicente de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), a 78.ª Volta a Portugal é liderada pelo português Rui Vinhas (W52-FC Porto).

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.