sicnot

Perfil

Desporto

Morreu Chris Amon, um dos melhores pilotos da Fórmula 1

O neozelandês Chris Amon, considerado o melhor piloto da Fórmula 1 que nunca venceu uma corrida, morreu aos 73 anos devido a um cancro, anunciou família.

Amon, que entre 1963 e 1976 representou equipas como a Ferrari e a Matra, disputou 96 corridas, nas quais conseguiu cinco pole-positions e 11 lugares no pódio, mas nunca o primeiro.

A entidade que gere a modalidade, a F1, descreve o neozelandês como um "piloto azarado", dando como exemplos as situações ocorridas em 1971 e 1972, nos Grandes Prémios de Itália e França, respetivamente.

"No Grande Prémio de Itália, em 1971, ia à frente quando a viseira do capacete saltou e teve de desistir, enquanto que no Grande Prémio de França, em 1972, foi obrigado a desistir devido a um furo, quando liderava confortavelmente", refere o sítio da F1.

Em 1971, Amon conseguiu a única vitória ao volante de um monolugar, ao serviço da Matra, mas esse Grande Prémio da Argentina tratava-se de uma corrida de preparação para o campeonato.

No entanto, Amon não se considerava um azarado, tendo chegado a afirmar: "Tive vários acidentes que me poderiam ter matado, parti costelas, mas nunca me magoei seriamente".

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras