sicnot

Perfil

Desporto

Estádio do Algarve recebe o Portugal-Letónia de apuramento para o Mundial 2018

© Reuters Staff / Reuters

O estádio do Algarve vai receber a 13 de novembro o encontro entre Portugal-Letónia, da quarta jornada do Grupo B de apuramento para o Mundial de futebol 2018, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

A receção à Letónia será a segunda partida de qualificação para o Mundial 2018 que a seleção campeã europeia disputará em casa, depois de o jogo com Andorra, agendado para 07 de outubro, em Aveiro.

Em declarações ao sítio da FPF, o vice-presidente da Câmara de Faro, Paulo Santos, mostrou-se bastante satisfeito com a escolha do palco para o encontro com a Letónia.

"O estádio do Algarve é muito acolhedor e consideramos esta decisão da FPF muito acertada, porque nos vai permitir combater um pouco a sazonalidade do turismo algarvio. Com certeza, vai chamar muita gente à nossa região. Temos feito um trabalho profundo na rentabilização desta infraestrutura", afirmou o autarca de Faro, que reparte a gestão do estádio com o município de Loulé.

Portugal inicia a qualificação para o Mundial 2018 a 6 de setembro, na Suíça, e recebe a seleção de Andorra, 7 de outubro em Aveiro.

Na terceira jornada do Grupo B de apuramento, a seleção portuguesa visita a 10 de outubro as Ilhas Faroé.

Depois de uma paragem de mais de quatro meses, Portugal recebe a Hungria, a 25 de março de 2017, na quinta jornada do grupo.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.