sicnot

Perfil

Desporto

Real Madrid vence Bayern e Chelsea bate AC Milan no fim da digressão pelos EUA

JUSTIN LANE

​O Real Madrid encerrou na quarta-feira a digressão pelos Estados Unidos com uma vitória por 1-0 sobre o Bayern de Munique, agora treinado pelo italiano Carlo Ancelotti, antigo técnico dos madrilenos.

No MetLife Stadium, em New Jersey, o Real Madrid não contou com Cristiano Ronaldo e Pepe, ainda de férias depois de se terem sagrado campeões da Europa ao serviço de Portugal.

No jogo de quarta-feira, o Real Madrid, campeão europeu de clubes, valeu-se do golo solitário de Danilo, antigo jogador do FC Porto, aos 79 minutos.

O técnico dos merengues, Zinedine Zidane, também não contou nesta digressão com mais dois jogadores que disputaram o Euro2016, em França: o galês Gareth Bale, outra das grandes figuras dos madrilenos, e o alemão Toni Kroos.

Também no âmbito de uma digressão pelos Estados Unidos, o Chelsea, agora treinado por Antonio Conte, ex-selecionador de Itália, venceu o AC Milan por 3-1, no novo US Bank Stadium, em Minneapolis.

Na primeira parte, Bertrand Traore inaugurou o marcador para os ingleses, aos 24 minutos, mas Giancomo Bonaventura repôs a igualdade ainda antes do intervalo, aos 38.

De volta ao relvado, dois golos do brasileiro Oscar, nos últimos 20 minutos, aos 70 e 87, permitiram aos blues despedirem-se dos Estados Unidos com um triunfo folgado sobre os milaneses.

Lusa

  • Ronaldo só deverá regressar aos relvados em setembro

    Cristiano Ronaldo

    Cristiano Ronaldo só deverá voltar aos relvados em setembro. Segundo avança o jornal Marca, o Real Madrid não conta com o internacional português até setembro devido à lesão durante a final do Campeonato da Europa. Ronaldo vai assim falhar a pré-época do Real Madrid, a Supertaça Europeia, o primeiro troféu da época, e ainda as duas primeiras jornadas do campeonato espanhol. A seleção nacional também deverá sofrer com a ausência de Ronaldo já que os campeões europeus tem marcado para 6 de setembro, o primeiro jogo de qualificação para o Mundial de 2018, frente à Suíça.

  • Rajadas de vento em Moscovo atingem os 110 km/hora
    0:57

    Mundo

    A passagem de uma tempestade por Moscovo fez pelo menos 11 mortos e mais de 50 feridos. Os ventos fortes, que chegaram aos 110 km/hora, destruíram carros e telhados e provocaram atrasos nos transportes. Na região de Stavropol, mais de 60 mil pessoas foram retiradas de casa por perigo de cheias.