sicnot

Perfil

Desporto

Beto regressa ao Sporting

LU\303\215S FORRA

O futebolista internacional português Beto, anunciado como reforço para a baliza do Sporting, manifestou-se satisfeito pelo regresso à "casa-mãe", prometendo ajudar a equipa a lutar pela conquista de troféus.

"O regresso significa muito para mim. É regressar à casa-mãe, onde tudo começou. É um sentimento muito especial representar o Sporting, é o meu clube, é o clube da minha família e o do meu filho. É com muita alegria que assino pelo Sporting, numa perspetiva de também dar um passo em frente na minha carreira", disse o guardião, em declarações à comunicação social antes do jogo particular Sporting e Nice, que se disputa no Estádio Algarve.

O jogador, que alinhou nos espanhóis do Sevilha ao longo das últimas épocas, no qual conquistou vários títulos, referiu que está no Sporting para ajudar o clube a lutar por mais conquistas.

"Essa é a perspetiva, não porque o Beto chegou, mas porque é assim todos os anos no Sporting, de lutar por títulos, porque o Sporting é um clube que vive de títulos e essa é a mentalidade que a equipa deve ter. Sou um felizardo, por onde passei ganhei títulos, e o meu maior desejo e de todos os sportinguistas é que a equipa volta a conquistá-los. Estou aqui para ajudar o Sporting a ser campeão", reforçou.

Formado no clube leonino, Beto reconheceu que isso pode ser uma vantagem, "no que toca à mentalidade e de conhecer os cantos à casa", sublinhando que a sua opção se deveu a "questões desportivas e muito por questões familiares".

O novo reforço dos leões elogiou o colega de posto Rui Patrício: "Felizmente o Sporting tem o melhor guarda-redes do campeonato da Europa. Venho para ajudar o Rui, ajudar o Sporting e ser um elemento mais para ajudar a conquistar os objetivos pessoais e coletivos."

O guarda-redes, que assinou por duas temporadas com mais uma de opção, não quis abordar as condições contratuais, assinalando que o mais importante é a ligação ao emblema leonino. "Isso é uma questão de números, letras e cláusulas, que para mim não significam absolutamente nada. O importante é trabalhar, ajudar e fazer rugir o leão", explicou.

Beto também abordou o relacionamento com o técnico Jorge Jesus, ao qual deixou elogios apesar da troca de palavras em 2009, quando o treinador estava no Sporting de Braga e apontou defeitos, nomeadamente a altura, ao então guarda-redes do Leixões.

"Desde essa altura até agora, cresci um bocadinho", brincou, acrescentando: "Do passado reza a história, não há que olhar para trás, mas sim olhar em frente. Neste momento faço parte da mesma equipa do 'mister' e, se ele quis a minha contratação, isso significa que aquilo que está para trás está para trás, sem ressentimentos."

Beto recordou que sempre afirmou que Jorge Jesus "era um grande treinador, conceituado, com currículo e muitas provas dadas", pelo que será "um orgulho trabalhar com um treinador com essa mentalidade e exigência", finalizou.

Lusa

  • Beto regressa ao Sporting

    Desporto

    O futebolista internacional português Beto, anunciado como reforço para a baliza do Sporting, manifestou-se satisfeito pelo regresso à "casa-mãe", prometendo ajudar a equipa a lutar pela conquista de troféus.

  • "Se Portugal não confia no sistema judicial de Angola não deve fazer negócios com o país"
    18:27

    País

    O julgamento do caso Fizz arrancou esta segunda-feira. Victor Silva, diretor do Jornal de Angola, esteve na Edição da Noite para analisar como estão as relações entre Portugal e Angola, numa altura em que Manuel Vicente viu recusada a transferência do processo para o país angolano. Victor Silva afirmou que a decisão de "separar os processos vai de encontro aos interesses dos dois estados" e vai mais longe ao dizer que se Portugal "não confia no sistema judicial de Angola então não pode fazer negócios com o país".

  • Obras no Estádio do Estoril já começaram

    Desporto

    A Câmara de Cascais emitiu esta segunda-feira um comunicado a informar que já começaram os trabalhos no Estádio do Estoril e que, segundo a autarquia, seguem as recomendações do Laboratório Nacional de Engenharia Civil.

  • Centeno promete avançar com reformas para a zona euro
    1:45

    Economia

    Mário Centeno liderou esta segunda-feira a primeira reunião do Eurogrupo. O ministro das Finanças português prometeu pôr mãos à obra para reformar a zona euro e, sem se comprometer com datas, deixou a porta entreaberta à entrada da Bulgária na zona euro.

  • Será este o "momento mais Ronaldo" de sempre?

    Desporto

    Cristiano Ronaldo é protagonista de mais um momento que corre nas redes sociais. Depois de marcar o sexto golo do Real Madrid frente ao Desportivo da Corunha, o jogador português ficou ferido no rosto e foi obrigado a abandonar o campo. Mas antes, mesmo com a cara ensanguentada, pediu um telemóvel com "espelho" para ver a extensão do corte. Há quem brinque com a situação, dizendo que Ronaldo levou a sua obsessão com a sua imagem a um novo nível, mas há também quem desvalorize a situação.

    SIC

  • O jogador de futebol que se tornou Presidente de um país

    Mundo

    George Weah tomou posse esta segunda-feira como Presidente da Libéria. Foi a segunda vez que o antigo futebolista concorreu ao cargo, depois de em 2005 ser derrotado pela candidata Ellen Johnson-Sirleaf. Foi o primeiro e único futebolista africano a receber uma Bola de Ouro. A história de George Weah também passou por Portugal, onde ficou conhecido pela agressão ao ex-jogador do FC Porto, Jorge Costa, em 1996.

    Ana Rute Carvalho

  • Decifrado pergaminho encontrado há 50 anos

    Mundo

    Investigadores israelitas reconstituíram e decifraram um dos dois manuscritos de pergaminhos do Mar Morto que nunca tinham sido interpretados desde que foram descobertos há meio século, anunciou a universidade israelita de Haifa.

  • Refeição de 1.100 euros em Veneza

    Mundo

    O centro de Veneza oferece os mais variados restaurantes. Com menu obrigatório, sem menu, com taxas, sem taxas, sentando ou em pé. Depois há aqueles restaurantes que cobram 1.100 euros por cinco pratos acompanhados por água. O caso aconteceu com quatro turistas japoneses, que depois de pagarem a conta, apresentaram queixa às autoridades. O presidente da Câmara da cidade italiana já disse que ia investigar a situação e, caso se confirmasse, prometeu que iria castigar os responsáveis.

    SIC