sicnot

Perfil

Desporto

Comité de Ética da FIFA encerra investigação a Infantino

Reuters

A Comissão de Ética da FIFA anunciou o encerramento do processo de investigação a Gianni Infantino, alegando que o líder do organismo que gere o futebol mundial não violou quaisquer normas éticas.

"Após as investigações preliminares e formais, a câmara de investigação da comissão de ética decidiu encerrar as investigações relacionadas com o presidente da FIFA, Gianni Infantino", refere um comunicado hoje divulgado.

Na base das investigações estiveram viagens privadas realizadas nos primeiros meses da liderança de Infantino e questões relativas ao contrato de trabalho do italo-suíço com a FIFA.

Gianni Infantino foi eleito presidente da FIFA a 26 de fevereiro deste ano, substituindo no cargo Joseph Blatter, entretanto suspenso por seis anos de toda a atividade relacionada com o futebol, devido ao seu envolvimento em escândalos de corrupção.

Lusa

  • Primeiro-ministro admite que retatório sobre Tancos possa ser "fabricado"
    2:06

    País

    O primeiro-ministro garante que o relatório divulgado pelo Expresso sobre o desaparecimento de armas em Tancos não é de nenhum organismo oficial e admite até que possa ser fabricado. Costa critica ainda o líder do PSD por ter comentado uma notícia que não confirmou. As Forças Armadas também negaram a existência de qualquer relatório sobre Tancos que o jornal reafirma existir e ser verdadeiro.

  • Maratona da democracia em Barcelona
    1:18

    Mundo

    Na Catalunha, milhares de pessoas alimentam o braço de ferro com Madrid. Em Barcelona decorre a maratona pela democracia, na Praça da Universidade. A iniciativa repete-se noutros 300 municípios da região.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.