sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho confia na contratação de Pogba e critica rivais do United

Reuters

​O treinador português José Mourinho, do Manchester United, mostrou-se confiante na contratação de Paul Pogba antes do inicio da Liga inglesa de futebol e criticou a reação dos rivais à transferência recorde que se perspetiva.

O Manchester United e o Juventus estão perto de fechar a transferência do médio internacional francês, por valores que podem atingir os 117,7 milhões de euros.

Mourinho considerou as posições assumidas por alguns treinadores, como o alemão Jurgen Klopp (Liverpool) e o francês Arsène Wenger (Arsenal), de "pouco éticas", por falarem abertamente do salário do jogador e de questionarem o custo do seu passe.

Independentemente do ruído em torno da transferência do jogador da Juventus, a chegada de Pogba a Old Trafford deve estar iminente e José Mourinho espera poder contar com o médio francês a tempo de começar a 'Premier League', daqui a uma semana, frente ao Bournemouth.

Questionado se a assinatura do internacional francês Paul Pogba com o Manchester United estava para breve, José Mourinho disse que "sim: temos 22 jogadores e em breve vamos ter 23".

"Eu não gosto de falar sobre outros clubes ou jogadores de outros clubes. Outros treinadores gostam de o fazer, mas eu não. Eles gostam de falar sobre o meu clube e os meus jogadores", disse José Mourinho.

O treinador português afirmou ser muito pragmático quanto a este assunto e acrescentou que a ele só interesse o que acontece na sua casa e não na dos vizinhos e disse que, em princípio, na próxima semana o plantel ficará fechado.

"Paul Pogba é um jogador de Juventus e até deixar de o ser, oficialmente, é assim que fica. O mercado fecha a 31 de agosto, mas acho que meu clube (Manchester United) tudo irá fazer para o contratar antes do dia 14", adiantou o treinador.

Arsène Wenger considerou a eventual transferência de Paul Pogba pelos valores anunciados de "completamente louca", enquanto Jurgen Klopp disse que não queria nenhum envolvimento num mercado de transferências tão inflacionado.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.