sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho confia na contratação de Pogba e critica rivais do United

Reuters

​O treinador português José Mourinho, do Manchester United, mostrou-se confiante na contratação de Paul Pogba antes do inicio da Liga inglesa de futebol e criticou a reação dos rivais à transferência recorde que se perspetiva.

O Manchester United e o Juventus estão perto de fechar a transferência do médio internacional francês, por valores que podem atingir os 117,7 milhões de euros.

Mourinho considerou as posições assumidas por alguns treinadores, como o alemão Jurgen Klopp (Liverpool) e o francês Arsène Wenger (Arsenal), de "pouco éticas", por falarem abertamente do salário do jogador e de questionarem o custo do seu passe.

Independentemente do ruído em torno da transferência do jogador da Juventus, a chegada de Pogba a Old Trafford deve estar iminente e José Mourinho espera poder contar com o médio francês a tempo de começar a 'Premier League', daqui a uma semana, frente ao Bournemouth.

Questionado se a assinatura do internacional francês Paul Pogba com o Manchester United estava para breve, José Mourinho disse que "sim: temos 22 jogadores e em breve vamos ter 23".

"Eu não gosto de falar sobre outros clubes ou jogadores de outros clubes. Outros treinadores gostam de o fazer, mas eu não. Eles gostam de falar sobre o meu clube e os meus jogadores", disse José Mourinho.

O treinador português afirmou ser muito pragmático quanto a este assunto e acrescentou que a ele só interesse o que acontece na sua casa e não na dos vizinhos e disse que, em princípio, na próxima semana o plantel ficará fechado.

"Paul Pogba é um jogador de Juventus e até deixar de o ser, oficialmente, é assim que fica. O mercado fecha a 31 de agosto, mas acho que meu clube (Manchester United) tudo irá fazer para o contratar antes do dia 14", adiantou o treinador.

Arsène Wenger considerou a eventual transferência de Paul Pogba pelos valores anunciados de "completamente louca", enquanto Jurgen Klopp disse que não queria nenhum envolvimento num mercado de transferências tão inflacionado.

Lusa

  • Família Aveiro na inauguração do Aeroporto Cristiano Ronaldo
    2:34

    País

    A decisão de dar o nome de Cristiano Ronaldo ao aeroporto da Madeira divide opiniões. Contudo, na cerimónia de inauguração desta quarta-feira só se ouviram aplausos. Os madeirenses juntaram-se à porta do aeroporto para ver e receber o melhor jogador do mundo. Também a família do jogador esteve na Madeira para apoiar Ronaldo.

  • A (polémica) mudança de nome do aeroporto da Madeira
    2:00

    País

    O aeroporto da Madeira é desde esta quarta-feira aeroporto Cristiano Ronaldo. O Presidente da República e o primeiro-ministro estiveram juntos na homenagem ao futebolista. A alteração não é consensual entre os madeirenses.

  • O busto de Ronaldo que virou piada no mundo inteiro
    2:04

    País

    No dia em que foi formalizado o novo nome do aeroporto da Madeira, foi também conhecido o busto em bronze de Cristiano Ronaldo e que, desde logo, começou a provocar reações em todo o mundo. As críticas da imprensa internacional não são propriamente positivas e a internet aproveitou para dar contornos humorísticos à criação.

  • Os seus descontos para a Segurança Social estão em ordem?
    7:50
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Os portugueses estão cada vez mais preocupados com a reforma. O valor que se vai receber depende dos descontos que se fizerem para a Segurança Social. Mas há contabilistas que cometem burlas com o dinheiro dos clientes, há esquecimentos, e empresas que deixam de pagar as contribuições por falta de verbas. O Contas Poupança explica-lhe como pode ver neste instante se todos os seus descontos estão nos cofres da Segurança Social, e corrigir algum erro antes que seja tarde demais.

  • "Não há razão para fingirmos que hoje é um dia feliz"
    1:55

    Brexit

    Depois de receber esta quarta-feira a notificação do Brexit, o presidente do Conselho Europeu antecipou negociações difíceis. Donald Tusk diz que agora é preciso minimizar os prejuízos para os cidadãos europeus e para as empresas.

  • "Não há recuo possível"
    2:30

    Brexit

    O processo de saída do Reino Unido da União Europeia começou esta quarta-feira, com a ativação do artigo 50.º do Tratado de Lisboa. A notificação de Theresa May foi feita por carta a Donald Tusk e a primeira-ministra disse que não recuo possível. O processo de negociações levará dois anos e a saída do Reino Unido da União Europeia ficará concluída em 2019.