sicnot

Perfil

Desporto

Manchester City anuncia contratação do defesa John Stones

© Reuters Staff / Reuters

O Manchester City anunciou a contratação do futebolista inglês John Stones, que alinhava no Everton, num negócio que custou ao clube 47,5 milhões de libras (cerca de 55 milhões de euros).

Stones, de 22 anos, tornou-se na sétima contratação da equipa agora orientada por Pep Guardiola e tem vínculo com o clube até junho de 2022.

"Estou encantado por assinar pelo City. O negócio está feito, agora estou ansioso por iniciar esta nova fase da minha carreira", afirmou o jogador em declarações ao sítio do City na Internet.

O defesa internacional inglês admitiu que será "difícil conseguir um lugar na equipa", mas garantiu que estar "determinado e com vontade de trabalhar para ajudar a equipa".

O diretor de futebol do Manchester City, Txiki Begiristain, elogiou as qualidades do jogador formado no Everton.

"O John é um excelente defesa, estamos muito contente que se tenha juntado a nós, sentimos que estamos a contratar um dos melhores defesas centrais da Europa", frisou o dirigente.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.