sicnot

Perfil

Desporto

Governo russo e FIFA preocupados com construção do estádio de São Petersburgo

© Maxim Shemetov / Reuters

O Governo russo e a FIFA estão preocupados com a disputa contratual em torno do estádio do São Petersburgo, um dos recintos-chave do Mundial de futebol de 2018, admitiu hoje o ministro dos Desportos, Vitaly Mutko.

"Estamos seriamente preocupados com a construção do estádio de São Petersburgo", disse Mutko, indicando que o presidente Vladimir Putin "assumiu o controlo" da situação, motivada pelo diferendo entre as autoridades de São Petersburgo e a empresa responsável pela construção do estádio.

Os trabalhos no recinto, de aspeto futurista, com capacidade para 68.000 espetadores, estão parados desde julho, o que levanta dúvidas sobre a sua conclusão a tempo de receber a Taça das Confederações, na qual vai participar Portugal, na qualidade de campeão europeu.

"Em outubro, visitaremos São Petersburgo em conjunto com representantes da FIFA e, nessa altura, tomaremos uma decisão", sobre a utilização do recinto na Taça das Confederações, assinalou o ministro russo dos Desportos.

O estádio de São Petersburgo, cuja construção se iniciou em 2007, deve receber quatro jogos da competição, marcada para junho de 2017, incluindo a final, estando prevista a sua utilização em sete partidas do Mundial de 2018, entre as quais uma meia-final e o jogo de atribuição do terceiro e quarto lugares.

Lusa

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • George H. Bush nos cuidados intensivos e mulher também hospitalizada

    Mundo

    O antigo Presidente dos Estados Unidos da América e a sua mulher estão hospitalizados em Houston, no Texas. George H. W. Bush foi admitido no sábado, devido a um problema respiratório derivado de pneumonia, enquanto Barbara Bush entrou esta quarta-feira no hospital, por sintomas de fadiga e tosse.

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..