sicnot

Perfil

Desporto

Liga adia jogo Nacional-Desportivo de Chaves para 4 de setembro

O jogo da primeira jornada da I Liga Portuguesa de Futebol entre Nacional e Desportivo de Chaves, inicialmente marcado para domingo, no Funchal, foi adiado para 4 de setembro, às 16:00.

Em comunicado, a Liga Portuguesa de Futebol justificou a decisão com fatores como "a deteriorada qualidade do ar na cidade do Funchal" e as "ruturas infraestruturais (nomeadamente de água e comunicações) que afetam o Estádio da Madeira", em consequência aos incêndios que nos últimos dias têm fustigado a região autónoma.

Na quarta-feira, o Nacional solicitou o adiamento do jogo frente ao Desportivo de Chaves devido aos incêndios no Funchal, alegando "falta de condições para a realização do encontro", uma vez que a zona da Choupana, onde se situa a Cidade Desportiva é uma das mais afetadas pelas chamas.

Esta quinta-feira, o Nacional e o Desportivo de Chaves, que regressa à I Liga, depois de ter descido em 1998/99, tinha já tinham confirmado o adiamento da deslocação ao Funchal.

Os incêndios que deflagraram na segunda-feira no Funchal provocaram três mortos e cerca de mil desalojados, entre residentes e turistas.

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após noite de chuva intensa e queda de granizo
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC