sicnot

Perfil

Desporto

Rui Vitória chama Eliseu para estreia do Benfica na I Liga frente ao Tondela

O treinador do Benfica, Rui Vitória, convocou hoje 20 jogadores para a estreia na I Liga portuguesa de futebol, marcada para sábado, no terreno do Tondela, numa lista da qual faz parte o campeão europeu Eliseu.

Após ter falhado grande parte da pré-época dos 'encarnados', em virtude da participação no Euro2016 ao serviço de Portugal, o lateral esquerdo foi incluído nas opções para a ronda inaugural do campeonato.

De fora da visita a Tondela está o avançado Jonas, que na quinta-feira foi operado a uma lesão no tornozelo direito, que o deverá afastar dos relvados nas próximas três semanas, além de Jardel, Zivkovic, Rui Fonte, André Almeida e Ederson, todos a recuperarem de problemas físicos.

Por outro lado, o médio Danilo, último reforço assegurado pelo Benfica neste 'defeso', continua ausente das opções, depois de também ter falhado a Supertaça, diante do Sporting de Braga.

O Benfica visita o Tondela, no sábado, a partir das 20:30, numa partida que será dirigida pelo árbitro João Pinheiro, da associação de Braga.

Lista dos 20 convocados:

- Guarda-redes: Júlio César e Paulo Lopes.

- Defesas: Nélson Semedo, Lisandro López, Luisão, Lindelöf, Grimaldo e Eliseu.

- Médios: Fejsa, Samaris, André Horta, Pizzi, Celis, Carrillo, Salvio, Cervi e Óscar Benítez.

- Avançados: Gonçalo Guedes, Mitroglou e Raúl Jiménez.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efectivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21