sicnot

Perfil

Desporto

Fenerbahçe vai "tomar medidas legais" contra Vítor Pereira

O Fenerbahçe anunciou este sábado que vai "tomar medidas legais" contra Vítor Pereira, por considerar que o treinador português de futebol viajou para Portugal "como medida de pressão".

Em comunicado, o clube turco refere que Vítor Pereira "fez uma série de declarações inexplicáveis e inaceitáveis" à imprensa portuguesa para justificar a viagem a Portugal, que, segundo o emblema turco, "não correspondem à realidade".

"Além disso, Vítor Pereira e a sua equipa técnica não estiveram esta manhã no treino", refere ainda o Fenerbahçe.

Num comunicado publicado pelo diário desportivo Record, Vítor Pereira explicou que viajou para Portugal "devido a ameaças e a um ambiente tenso".

"Na sequência da derrota com o AS Monaco (na qualificação para a Liga dos Campeões), o Fenerbahçe decidiu impedir-me de exercer a minha função como treinador principal, não respeitando o meu contrato de trabalho", referiu o técnico no comunicado.

Desta forma, Vítor Pereira optou por voltar a Portugal "na expetativa de que o Fenerbahçe" volte a atribuir-lhe "a função de treinador principal".

"Os meus assistentes seguem o meu caminho pelas mesmas razões. Cabe ao Fenerbahçe tomar uma decisão", finalizou.

Para o clube, Vítor Pereira, com esta atitude, "violou claramente o contrato em vigor e isso é inaceitável", deixando a entender que poderá avançar para a rescisão de contrato.

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.