sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto luta pela 21ª presença na fase de grupos da Champions

​O FC Porto começa na quarta-feira a lutar pela 21.ª presença na fase de grupos da Liga dos Campeões, na receção aos italianos da Roma da primeira mão dos play-offs.

Os dragões tentam a quinta presença consecutiva na Champions, que nos últimos 14 anos só falharam em 2010/11, quando conquistaram a Liga Europa, tendo pela frente uma das equipas mais fortes desta fase, a par dos ingleses do Manchester City.

Esta é a segunda vez que os portistas enfrentam esta fase da competição, depois da bem-sucedida eliminatória diante dos franceses do Lille (1-0 fora e 2-0 em casa), em 2014/15.

Agora sob o comando de Nuno Espírito Santo, o FC Porto surgiu ligeiramente renovado neste princípio de época, no qual já venceu um jogo para a I Liga, na visita ao Rio Ave, por 3-1.

Nesse jogo, tal como nos anteriores particulares, notou-se a ausência de habituais titulares, como Brahimi e Aboubakar, em benefício dos jovens Otávio, que esteve emprestado ao Vitória de Guimarães, e André Silva, assim como a aposta nos reforços defensivos Felipe e Alex Telles.

Do lado romano, depois do terceiro lugar na Série A, o técnico Luciano Spalletti perdeu o médio bósnio Miralem Pjanic para a Juventus, pentacampeã italiana, mas assegurou as permanências de Radja Nainggolan, Mohamed Salah, Edin Dzeko, El Shaarawy e Rudiger.

A estes 'reforços', aliados à renovação com o emblemático capitão Francesco Totti, juntaram-se contratações para quase todos os setores, com os guarda-redes Alisson (ex-Internacional), Szczesny (ex-Arsenal), os defesas Juan Jesus (ex-Inter Milão), Emerson (ex-Santos), Mário Rui (ex-Empoli) e Vermaelen (ex-FC Barcelona) e o médio Lendro Paredes (ex-Empoli).

A fiabilidade do conjunto romano ainda não foi testada oficialmente, tendo a estreia marcada para o Estádio do Dragão, na quarta-feira, a partir das 19h45, quando vai iniciar o terceiro embate entre as duas equipas, depois da segunda eliminatória da Taça das Taças de 1981/82, quando os portistas venceram por 2-0 no Porto, antes do nulo na segunda mão.

Caso o FC Porto se qualifique, Portugal voltará a ter três equipas na Liga dos Campeões, pela quarta vez e a primeira desde 2014/15, uma vez que o tricampeão Benfica e o Sporting têm entrada direta para a fase de grupos.

Além do jogo dos dragões, destaque na primeira mão dos play-offs para a visita do Manchester City, de Pep Guardiola, ao terreno do Steaua de Bucareste, vice-campeão romeno, e do Mónaco, do treinador Leonardo Jardim e de João Moutinho, Bernardo Silva e Ivan Cavaleiro, aos espanhóis do Villarreal.

Já hoje, os croatas do Dínamo Zagreb, dos portugueses Eduardo, Paulo Machado e Gonçalo Santos, vão receber os austríacos do Salzburgo e os cipriotas do APOEL, de Nuno Morais e Mário Sérgio, os dinamarqueses do Copenhaga, enquanto os israelitas do Hapoel Beer-Sheva, de Miguel Vítor, apenas na quinta-feira visitam os escoceses do Celtic.

Os play-offs da Liga dos Campeões:

Primeira mão (Terça-feira - 16 de agosto)
Copenhaga - APOEL (19h45);
Ajax - Rostov (19h45);
Dinamo Zagreb - Salzburgo (19h45);
Steaua Bucareste - Manchester City (19h45);
Young Boys- Borussia Mönchengladbach (19h45).

Quarta-feira (17 de agosto)
Ludogorets - Viktoria Plzen (19h45);
Celtic Glasgow - Hapoel Beer-Sheva (19h45);
FC Porto - Roma (19h45);
Villarreal - Mónaco (19h45);
Dundalk - Legia Varsóvia (19h45).

Segunda mão (Terça-feira, 23 de agosto)
Hapoel Beer-Sheva - Celtic Glasgow (19h45);
Viktoria Plzen - Ludogorets (19h45);
Mónaco - Villarreal (19h45);
Roma - FC Porto (19h45);
Legia Varsóvia - Dundalk (19h45).

Quarta-feira, 24 ago:
APOEL - Copenhaga (19h45);
Rostov - Ajax (19h45);
Manchester City - Steaua Bucareste (19h45);
Salzburgo - Dinamo Zagreb (19h45);
Borussia Mönchengladbach - Young Boys (19h45).

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.