sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto "vai lutar por cada bola a cada metro no relvado" frente a Roma

ANATOLY MALTSEV

O FC Porto começa a lutar na quarta-feira com a Roma por um lugar na Liga do Campeões de futebol e o treinador dos dragões garantiu esta terça-feira que a equipa "vai lutar por cada bola".

"Vejo esta equipa treinar todos os dias, vejo os jogadores a trabalharem. Por isso estamos confiantes e vamos competir. Acima de tudo, estamos seguros de que vamos lutar por cada bola, por cada metro de relvado. Nesse sentido, estamos focados", começou por dizer Nuno Espírito Santo na conferência de antevisão ao jogo com a Roma, da primeira mão do play-off de acesso à Champions.

O técnico está consciente das dificuldades que vai encontrar frente à equipa italiana, mas, ainda assim, apresenta-se bastante confiante num bom resultado.

"Tenho a certeza que vamos ver a equipa jogar como já demonstrou, como quer e sabe jogar. Uma equipa competitiva, que não renuncia a nada, solidária, unida, que sabe que apenas juntos e completamente comprometidos consegue os seus objetivos. Essa é a equipa do FC Porto. É isso que os nossos sócios podem esperar quarta-feira", disse ainda.

O treinador da equipa 'azul e branca' acrescentou que estudou bem o adversário, reforçando que todo o grupo está preparado para mais este desafio.

"Sabemos bem as dificuldades que vamos encontrar. A equipa italiana foi observada e requer o máximo de cuidado, mas não vou salientar nada de especial para não dar armas ao adversário. Seguramente, os jogadores vão estar preparados para o jogo. É uma eliminatória que não será decidida amanhã, mas queremos ganhar. Conhecemos o rival e sabemos quando e como podemos magoar. Temos uma vontade inequívoca de ganhar", referiu também.

Quando questionado pelos jornalistas italianos sobre como a conquista do título europeu pela seleção nacional pode influenciar as equipas portuguesas, e, neste caso, o FC Porto, Nuno Espírito Santo denotou a importância de seguir esse espírito.

"O que a nossa seleção conseguiu foi algo histórico, que nos faz sentir, a todos os portugueses, muito orgulhosos. Se conseguirmos, e vamos conseguir, encarnar esse espírito, vamos sentir-nos especiais para defrontar qualquer adversário. E a Roma vai ter pela frente, não só uma equipa motivada, mas também um país a apoiar", esclareceu ainda o treinador portista.

Também Danilo, que se sagrou campeão da Europa, destacou esse lado do apoio do país e garantiu também que não vai ser fácil para a Roma ultrapassar os dragões.

"A maior força que um vencedor do Europeu pode ter é o apoio de todos os portugueses, não só dos portistas, porque isto é uma competição europeia", começou por referir o médio portista.

Danilo sabe bem o que é necessário para alcançar uma vitória neste primeiro jogo com a Roma e acredita que a equipa está no bom caminho.

"Temos estar bem coesos como temos estado desde a pré-época. Como uma equipa é que podemos conseguir o que pretendemos. Devemos estar fortes e unidos, só assim podemos contrariar o estilo da Roma", disse ainda.

O FC Porto recebe esta quarta-feira, no Estádio do Dragão, a Roma em jogo da primeira mão do play-off de acesso à Liga dos Campeões, que será arbitrado pelo holandês Bjorn Kuipers.

Lusa

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.