sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto inicia corrida à 21ª presença na fase de grupos da Champions

O FC Porto inicia hoje a corrida a uma 21.ª presença na fase de grupos da Liga dos Campeões de futebol, quando receber no estádio do Dragão os italianos da Roma, em jogo da primeira mão do 'play-off'.

Os 'dragões' estão apostados em recuperar a imagem vencedora e isso também passa por uma boa prestação europeia, pelo que a passagem à fase de grupos da principal competição europeia de clubes é um dos objetivos delineados.

Pela frente, no entanto, a equipa este ano orientada pelo português Nuno Espírito Santo vai ter de tentar afastar um dos dois adversários teoricamente mais complicados aquando do sorteio para o 'play-off', a par dos ingleses do Manchester City.

Enquanto em Itália o campeonato arranca mais tarde, os 'dragões' surgem na quarta-feira já com competição nas pernas e motivados, depois de na ronda inaugural do campeonato terem vencido em casa do Rio Ave por 3-1.

Lusa

  • Rui Vitória não espera facilidades frente ao Tondela
    1:34

    Desporto

    O líder do campeonato, o Benfica, recebe este domingo o último classificado, o Tondela. Na conferência de antevisão do encontro, Rui Vitória afirmou que não espera facilidades. O treinador do Benfica falou ainda de Sebastian Coates.

  • O primeiro dia de Donald Trump na Casa Branca
    3:05
  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.