sicnot

Perfil

Desporto

Governo grego adia início do campeonato de futebol por temer atos de violência

O governo grego decidiu esta quinta-feira adiar pelo menos duas semanas o início do campeonato de futebol, previsto para este fim de semana, por temer atos de violência na contestação à posição da federação sobre a nomeação de árbitros.

De acordo com um relatório policial, há razões suficientes para adiar a competição, como forma de "prevenir a alteração da ordem pública, segurança e paz social", refere em comunicado o vice-ministro do Desporto, Stavros Kontonis.

As autoridades asseguram que a abertura da Super League (primeira divisão), inicialmente prevista para o próximo sábado, só será possível para depois de 05 de setembro.

Stavros Kontonis sugeriu, na semana passada, a criação de uma administração temporária especial para a Federação de Futebol Grega, que culpou por não ter mantido a promessa de mudar o sistema de nomeação dos árbitros, apesar da recente mediação da UEFA.

Três dos principais clubes gregos, Panathinaikos, AEK Atenas e PAOK Salonika, também ameaçaram boicotar o início da competição, se a federação mantiver sob a sua alçada a nomeação dos árbitros.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47