sicnot

Perfil

Desporto

Spalletti diz que a Roma "esperou oito meses" pelo jogo com o FC Porto

O treinador da Roma, Luciano Spalletti, afirmou esta segunda-feira que a equipa italiana "esperou oito meses" pelo confronto de acesso à Liga dos Campeões em futebol, que disputará na terça-feira frente ao FC Porto, no seu estádio.

"Foi para este jogo que trabalhámos durante esse tempo, pois é-nos vital, na medida em que nos abre as portas à mais prestigiada competição da atualidade", referiu o técnico transalpino, na véspera da segunda mão da terceira pré-eliminatória, que se sucede ao empate a uma bola, no Dragão, na semana passada.

Spalletti afirmou, na conferência de imprensa hoje realizada, que os seus jogadores "devem ser inteligentes e fazer o seu trabalho (...), sem temer o destino, mas a querer determiná-lo".

"Vamos entrar de cabeça erguida e tentar vencer o nosso adversário, em vez de esperarmos pela sua inciativa", afirmou o italiano, tendo em conta que os romanos se encontram em vantagem, graças ao golo marcado fora de casa.

Para Luciano Spalletti, a Roma "pode fazer melhor", apesar de estar no início da temporada e deu como exemplo a primeira parte do jogo do fim de semana, frente à Udinese, em que não marcou qualquer golo, ao contrário do que fez no segundo período, em que marcou quatro: "Devemos encontrar maior equilíbrio nos nossos processos de jogo e na velocidade que devemos usar nos vários momentos de jogo."

O jogo, que se realizará no Estádio Olímpico de Roma, às 19:45, será arbitrado pelo polaco Szymon Marciniak.

Lusa

  • "Tudo o que o Benfica está a fazer é uma forma de coação"
    1:59
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    As queixas do Benfica contra a Federação Portuguesa de Futebol e a Liga foram tema de debate no Play-Off da SIC Notícias. Rodolfo Reis, Manuel Fernandes e Rui Santos acreditam que a posição está relacionada com o clássico Benfica-Porto do próximo sábado. Já João Alves considera que estes comunicados podem prejudicar o Benfica.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41
  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.