sicnot

Perfil

Desporto

Atletas paralímpicos russos vão recorrer ao Tribunal dos Direitos Humanos

Os desportistas russos anunciaram a pretensão de recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, contestando a sua exclusão dos Jogos Paralímpicos Rio2016, confirmada esta terça-feira pelo Tribunal Arbitral de Desporto (TAS).

O presidente do Comité Paralímpico Russo, Vladimir Lukin, que anunciou a pretensão, garante que as queixas serão feitas pelos atletas, "de forma individual, onde acorrem todas as pessoas que sentem que estão a ser violados os seus direitos enquanto humanos".

A Rússia continua a negar as conclusões do relatório McLaren sobre a participação estatal num sistema organizado de 'doping' e, em particular, a intervenção no processo do próprio ministro dos Desportos, Vitaly Mutko.

Os Jogos Paralímpicos disputam-se desde 1948 e têm visto a sua dimensão e importância crescer nos últimos 20 anos, tendo contado na última edição, em Londres2012, com a participação de 4.300 atletas, em representação de 164 países.

Lusa

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.