sicnot

Perfil

Desporto

FC Porto tenta marcar presença na Champions

ESTELA SILVA

O FC Porto vai tentar marcar presença, pela 22.ª vez, na fase de grupos da Liga dos Campeões de futebol, precisando para isso de afastar a equipa italiana da Roma, na sua própria casa.

O conjunto de Nuno Espírito Santo vai a Roma com a missão de ter de anular a desvantagem de ter sofrido um golo na primeira mão do play-off de acesso à Champions, quando empatou no Dragão 1-1, num jogo em que a sua nova conqueluche, o avançado André Silva, marcou, na conversão de uma grande penalidade.

Para poderem se juntar a Benfica e Sporting na fase de grupos - os dois já estão apurados em virtude de serem campeões e vice-campeões nacionais, respetivamente -, os azuis e brancos terão de vencer em casa da Roma, ou, em último caso, empatar com golos, sendo que o 1-1 implicaria sempre um prolongamento e eventual desempate por penáltis, enquanto que um empate com mais golos daria sempre apuramento à equipa portuguesa.

O encontro está agendado para as 20:45 locais (19:45 em Lisboa) e será arbitrado pelo polaco Szymon Marciniak.

Lusa

  • Vitória de Guimarães na Áustria em busca do apuramento na Liga Europa
    1:47
  • Árbitros recuam e vão apitar jogos do próximo fim de semana

    Desporto

    Os árbitros recuaram esta quarta-feira na intenção de não comparecer nos jogos do próximo fim de semana. Depois de na terça-feira a maioria dos juízes terem apresentado um pedido de dispensa dos jogos da 12.ª jornada do campeonato, esta quarta-feira adiaram a decisão após uma reunião com o Conselho de Arbitragem.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • Jorge Jesus e Ana Malhoa contra o consumo de sal
    1:21
  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.