sicnot

Perfil

Desporto

Danny Drinkwater renova com Leicester por mais cinco anos

O médio Danny Drinkwater renovou contrato com o Leicester por mais cinco anos, anunciou hoje o atual campeão inglês de futebol.

Drinkwater, de 26 anos, junta-se a Jamie Vardy, Riyad Mahrez e Kasper Schmeichel no plano de renovações do surpreendente campeão inglês.

"Adoro jogar neste clube. Tem sido perfeito para mim e para a minha carreira e quero ficar aqui por muitos anos. Não podia estar mais feliz", comentou Drinkwater após a renovação, numa nota publicada no site oficial do Leicester.

O médio chegou ao Leicester em 2012, proveniente do Manchester United, e já disputou 177 jogos pelos 'Foxes'.

Na época 2013/2014, que assinalou o regresso do Leicester ao 'convívio dos grandes', Drinkwater foi eleito o melhor jogador do clube e na última temporada foi apontado como um dos principais obreiros do 'milagre' do título inglês.

"Cresci como jogador e como pessoa nos últimos quatro anos. Adoro fazer parte desta equipa. Vivemos já tantas coisas junto e acredito que muito está ainda para vir", referiu ainda o jogador.

Lusa

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.