sicnot

Perfil

Desporto

Mercado de transferências ainda mexe. Para quando a oficialização de Rafa?

Mercado de transferências ainda mexe. Para quando a oficialização de Rafa?

O mercado de transferências ainda mexe. O Benfica continua por oficializar a contratação de Rafa Silva. Já o Futebol Clube do Porto garantiu Óliver Torres e o Sporting contratou dois brasileiros, o central Douglas e o avançado, André. O mercado de transferências encerra no próximo dia 31 de agosto.

  • Continua em aberto o mercado de transferência dos três grandes
    1:45

    Desporto

    O mercado de transferências ainda continua a dar que falar. No Sporting, a contratação do avançado André ainda está por finalizar por não haver acordo sobre o seu salário. A novela em torno de João Mário continua por resolver, mas o jogador pode ser uma opção para o clássico com o FC Porto. No Benfica, a entrada de Rafa parece ainda estar num impasse. O FC Porto deverá tornar oficial a entrada de Óliver Torres.

  • A bola ainda rola no mercado de transferências
    2:16

    Desporto

    A bola ainda rola no mercado de tranferências, e os três grandes continuam atentos. Óliver Torres é prioridade para o Futebol Clube do Porto, depois de Rafa ter escolhido o Benfica. Quanto ao Sporting deve anunciar em breve a contratação de André que já se encontra em Lisboa.

  • "O PSD não é o bombeiro de serviço desta geringonça"
    1:09

    TSU

    O líder da bancada social-democrata avisa os partidos da esquerda para que tenham o caso da TSU como exemplo e não voltem a usar o PSD como muleta em situações em que não estejam de acordo com o Governo, como pode vir a acontecer com as PPP no setor da saúde. Luís Montenegro foi entrevistado esta manhã na SIC Notícias.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.