sicnot

Perfil

Desporto

Nani "ansioso" para se estrear no Valência e na liga espanhola

O internacional português Nani afirmou esta quinta-feira que está "ansioso" para disputar o seu primeiro jogo com a camisola do Valência no campeonato espanhol de futebol e que está confiante numa boa temporada da equipa "che".

"Estou ansioso para jogar pela primeira vez numa liga fantástica como a espanhola. Estou muito satisfeito por estar aqui e quero contribuir, jogar e fazer coisas bonitas. Vou dar tudo", disse Nani em declarações à rádio oficial do Valência.

O extremo luso, o quarto com mais internacionalizações pela seleção portuguesa (103), assinou pela formação espanhola durante o verão, mas falhou a primeira jornada da 'La Liga' devido a problemas burocráticos. O Valência foi derrotado em casa pelo Las Palmas (4-2).

"Fisicamente estou a 100 por cento, mas a decisão final é do treinador [Pako Ayestaran]. É preciso respeitar as opções. O que é importante é que estou disponível e quero triunfar", referiu o jogador de 29 anos.

Formado no Sporting, Nani representou na última temporada os turcos do Fenerbahçe e durante várias temporadas (oito) defendeu as cores dos ingleses do Manchester United.

Na segunda jornada do campeonato espanhol, o Valência visita o terreno do Eibar.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38