sicnot

Perfil

Desporto

Norueguesa Ada Hegerberg eleita melhor futebolista da Europa

A futebolista norueguesa Ada Hegerberg foi eleita Melhor Jogadora na Europa, um prémio organizado pela UEFA e anunciado esta quinta-feira em Monte Carlo, no Mónaco, após o sorteio para a Liga dos Campeões.

Hegerberg, de 21 anos, é jogadora do Lyon, da liga francesa, e da seleção norueguesa, tendo recolhido 13 dos 20 votos do júri, composto por jornalistas escolhidos pelo European Sports Media Group (ESM).

A sua ex-colega de equipa Amandine Henry, francesa, jogadora no Portland Thorns (EUA), ficou em segundo lugar, com quatro votos, seguida pela alemã Dzsenifer Marozsán, ex-Frankfurt e atualmente ao serviço da turma lionesa.

Ada Hegerberg é a primeira futebolista não-germânica a conseguir o estatuto de melhor jogadora nas competições europeias nas últimas três temporadas, depois de Celia Sasic (2014/15), Nadine Kessler (2013/14) e Nadine Angerer (2012/13).

"Era nossa ambição conquistar todos os troféus possíveis na temporada passada e conseguimo-lo", disse a eleita, que considerou o galardão "uma enorme honra".

Pelo Lyon, Hegerberg conquistou a Liga dos Campeões, o título nacional e a taça francesa, tendo marcado 33 golos no campeonato doméstico, 13 na 'Champions' e seis na fase de qualificação para o Europeu feminino.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38