sicnot

Perfil

Desporto

UEFA vai distribuir 1.300 milhões na "Champions" e Supertaça Europeia

Os clubes participantes na Liga dos Campeões 2016/17 e na Supertaça Europeia vão receber mais de 1.300 milhões de euros, anunciou a UEFA, podendo um só clube vir a encaixar 57,2 milhões de euros.

O valor a distribuir pelos clubes tem por base, segundo aquele organismo, uma estimativa de receita comercial bruta das três provas de clubes em 2016/17 - Liga dos Campeões, Liga Europa e Supertaça Europeia - de cerca de 2.350 milhões de euros.

Desse total, 12% (282 milhões de euros) serão deduzidos para cobrir custos administrativos e de organização das competições e 8,5% (quase 200 milhões de euros) serão destinados a pagamentos de solidariedade.

Da receita líquida resultante de 1.860 milhões de euros, 8% serão reservados para o futebol europeu e ficarão em posse da UEFA, enquanto os outros 92% serão distribuídos pelos clubes participantes.

Feitas as deduções, o montante total disponível para distribuição pelos clubes participantes em 2016/17 é 1.718 milhões de euros, dos quais 1.318 milhões serão destinados às equipas envolvidas na Liga dos Campeões e na Supertaça Europeia.

Cada um dos 32 clubes presentes na fase de grupos recebe um prémio base de 12,7 milhões, a que acrescem prémios de desempenho na fase de grupos de 1,5 milhões de euros por vitória e 500 mil por empate.

Quem atingir os oitavos de final recebe mais seis milhões de euros. Pela participação nos 'quartos' mais 6,5 milhões, enquanto os quatro semifinalistas auferem mais 7,5 milhões.

O vencedor da Liga dos Campeões ganha 15,5 milhões e o finalista vencido 11, incluindo já a sua parte da receita da venda de bilhetes da final (não será paga nenhuma verba suplementar aos finalistas em resultado da bilhética, como era habitual no passado).

Feitas as contas, o campeão europeu poderá receber, no máximo, 57,2 milhões de euros, não incluindo eventuais verbas do 'play-off' e o valor de cada mercado respeitante às transmissões televisivas ('market pool').

No que se refere à Supertaça Europeia de 2016, o Real Madrid irá receber quatro milhões de euros, enquanto o finalista vencido (Sevilha) fica com três milhões.

Lusa

  • Os adversários das equipas portuguesas

    Desporto

    Já são conhecidos os adversários do Benfica, FC Porto e Sporting na Liga dos Campeões. No grupo B, o Benfica vai defrontar o Nápoles e o Dínamo de Kiev. No grupo F, o Sporting vai defrontar o Real Madrid e o Dortmund. O Futebol Clube do Porto está no grupo G com o Leicester e o Club Brugge.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.