sicnot

Perfil

Desporto

Manuel Machado quer prolongar jejum de vitórias do Benfica na Choupana

O treinador do Nacional, disse esta sexta-feira que a equipa está motivada para impor no sábado a primeira derrota ao Benfica no campeonato e que há seis anos não vence na Choupana.

O Nacional, 16.º classificado, ainda sem pontos, mas com menos um jogo, recebe no sábado à noite, 20:30, o tricampeão nacional Benfica, quarto colocado, com quatro pontos, em jogo da terceira jornada da I Liga portuguesa de futebol, que será arbitrado por Artur Soares Dias.

"Vamos defrontar o campeão nacional e isso diz muito da qualidade do adversário que vamos ter pela frente, que, com toda a certeza quererá somar os três pontos. Os meus jogadores, têm consciência do que significa defrontar um adversário como o Benfica, mas a nossa motivação é muito grande, por isso, não nos move outra ideia que não seja criar dificuldades ao Benfica e tentar vencer o jogo", destacou Manuel Machado, na conferência de antevisão ao jogo.

Depois de ter cedido os primeiros pontos, ao empatar (1-1), em casa, frente ao Vitória de Setúbal, na última jornada, Machado reconhece que uma equipa como a do Benfica, muito dificilmente cederá pontos em duas jornadas consecutivas.

"A equipa está bem e a derrota sofrida em Arouca (na semana passada), não nos abalou. Trabalhámos bem durante a semana e agora teremos outras 'armas' referindo-se aos regressos de Tobias Figueiredo e Salvador Agra, que regressaram ao clube, depois de terem participado nos Jogos Olímpicos, ao serviço da seleção nacional.

O treinador do Nacional desvalorizou ainda a ausência por lesão do melhor marcador do Benfica, Jonas.

"Independentemente do onze, a equipa do Benfica será sempre de qualidade, por isso, o Benfica não se prende à ausência de um só jogador", considerou o técnico dos insulares.

Lusa

  • NATO retoma diálogo com a Rússia

    Mundo

    O Conselho da NATO - Rússia foi instituído em 2002 e decorreu sem interrupções até à anexação da Crimeia, em 2014. O conflito separatista na Ucrânia dividiu a Aliança Atlântica e Moscovo e suspendeu toda a colaboração prática - desde civil a militar. Agora e na véspera da primeira reunião ministerial em Bruxelas com o estreante secretário de Estado americano Rex Tillerson, os países da NATO tentam a aproximação formal e reativação do diálogo político com Moscovo.

  • O poder da linguagem corporal nos tribunais
    9:12

    País

    Rui Mergulhão Mendes, especialista em 'profiling' na Emotional Business Academy, em Lisboa, esteve na Edição da Noite desta quarta-feira para explicar como é que um especialista em linguagem pode ajudar um tribunal a dar um veredito.