sicnot

Perfil

Desporto

Jesus espera um "clássico" intenso entre Sporting e FC Porto

O treinador do Sporting, Jorge Jesus, descartou este sábado qualquer favoritismo no "clássico" de domingo, da terceira jornada da I Liga de futebol, e está à espera de um FC Porto "forte" no Estádio José Alvalade.

"Quando há equilíbrio, não há favoritismo. São duas equipas com valor, identidade e que têm que demonstrar ser melhor dentro do campo. Estou à espera de um FC Porto forte", afirmou Jorge Jesus na conferência de imprensa de antevisão do primeiro 'clássico' da época.

Em Alvalade, num jogo que deverá ter casa cheia, o treinador 'leonino' espera um duelo intenso e com duas equipas a tentar impor a sua estratégia.

"O Sporting vai querer impor a sua ideia de jogo e tentar ser melhor. Se o fizer, fica mais perto de vencer. Não é certo que vença, mas fica mais perto", referiu Jesus, destacando a qualidade da formação portista.

O treinador do Sporting desvalorizou as seis vitórias em seis jogos que tem sobre Nuno Espirito Santo, técnico do FC Porto, lembrando que nesses duelos teve sempre melhores jogadores.

"Eu treinava uma equipa grande e ele treinava uma pequena. Eu estava em vantagem porque tinha melhores jogadores. Agora temos os dois jogadores com qualidade e está igual", disse.

Jesus avançou ainda que o costa-riquenho Joel Campbell vai ser convocado e que os brasileiros Douglas e André não podem ainda dar o contributo à equipa por não estarem ainda devidamente inscritos.

O Sporting-FC Porto, da terceira jornada da I Liga portuguesa, está agendado para domingo, às 18:00, e terá arbitragem de Tiago Martins, da Associação de Futebol de Lisboa.

Lusa

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.