sicnot

Perfil

Desporto

Jesus preparado para perder João Mário por preço pouco habitual no Sporting

O treinador do Sporting, Jorge Jesus, afirmou este sábado que está preparado para perder João Mário, que deverá assinar pelo Inter Milão, e lembrou que o clube lisboeta não está habituado a vender futebolistas por preços tão altos.

"É o preço do sucesso. O João Mário teve uma proposta que não é muito normal no Sporting. Não sei se já perdi o jogador. Enquanto não assinar, nada é certo. Isto é furto do trabalho dele e da equipa. É normal. O Sporting tem vários jogadores cobiçados. Só não foi normal quando cheguei ao Sporting, que ninguém os queria", afirmou Jorge Jesus.

O treinador 'leonino', que falava na conferência de imprensa de antevisão do 'clássico' com o FC Porto, abordava a possível transferência do internacional português para o Inter Milão, num negócio que deverá rondar os 45 milhões de euros, de acordo com a imprensa desportiva.

"Eu estou sempre sujeito ao mercado. Estou habituado a isso. Essas coisas não passam por mim. O meu trabalho é a equipa e potenciar os jogadores", acrescentou.

Em jeito de despedida, Jesus destacou as qualidades de João Mário e desejou boa sorte ao jogador de 23 anos, campeão europeu com a seleção portuguesa.

"É um jovem com um futuro muito grande. Grande jogador e grande profissional. É um miúdo extraordinário e tem tudo para dar certo. Desejo-lhe a maior sorte do Mundo se sair, mas o Sporting continua", disse o técnico.

Jesus abordou ainda a possível saída de Slimani, que é dado na imprensa desportiva como quase certo no West Bromwich Albion, de Inglaterra, e garantiu que o avançado argelino vai jogar o 'clássico'.

"O Slimani tem trabalhado até hoje com grande profissionalismo, compromisso e paixão pela equipa. De resto, não sei o que ai acontecer", confessou.

O Sporting-FC Porto, da terceira jornada da I Liga portuguesa, está agendado para domingo, às 18:00, e terá arbitragem de Tiago Martins.

Lusa

  • Mercado de transferências continua agitado
    1:30

    Desporto

    O mercado continua agitado. O Futebol Clube do Porto garantiu Diogo Jota por empréstimo do Atlético de Madrid. O Sporting já sabe que não conta com João Mário para o clássico, o médio já está em Itália para representar o Inter de Milão.

  • João Mário fora dos convocados de Jorge Jesus
    0:48

    Desporto

    João Mário não terá sido convocado por Jorge Jesus para o jogo deste sábado com o Paços de Ferreira. Esta sexta-feira, em conferência de imprensa, o treinador do Sporting admitiu que o impasse em torno das eventuais saídas do internacional português e de Slimani podia tirar equilíbrio aos dois jogadores.

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.