sicnot

Perfil

Desporto

John McEnroe "separa-se" de Milos Raonic antes do Open dos EUA

O ex-tenista norte-americano John McEnroe anunciou no sábado o fim da colaboração com Milos Raonic, que tinha começado antes do 'Grand Slam' de Wimbledon, no qual o canadiano foi finalista vencido.

McEnroe, considerado um dos melhores tenistas norte-americanos de sempre, anunciou o 'divórcio' dois dias antes do arranque do Open dos Estados Unidos, o quarto e último 'major' da época.

Segundo McEnroe, esta decisão "vai facilitar a vida" a Raonic, "que já tem dois treinadores [Carlos Moya e Riccardo Piatti]".

"Eu cheguei como conselheiro antes de Wimbledon. Raonic tem uma grande equipa a apoiá-lo", justificou McEnroe, em declarações ao canal televisivo ESPN.

O antigo jogador entende que "esta decisão é a melhor para o Milos [Raonic]",

"É preferível acabarmos com a colaboração neste momento. O Open dos Estados Unidos começa na segunda-feira e ele tem o seu 'staff'. Continuo a puxar por ele e espero que tenha uma grande prestação [no US Open]", frisou McEnroe.

No Open dos Estados Unidos, Milos Raonic, sexto do 'ranking' mundial, estreia-se na segunda-feira, frente ao alemão Dustin Brown, 87.º no circuito profissional.

Lusa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite