sicnot

Perfil

Desporto

Sporting anuncia contratação de Luc Castaignos por três anos

O Sporting anunciou este domingo a contratação do futebolista holandês Luc Castaignos, avançado que atuava no Eintracht Frankfurt e que assinou um contrato de três temporadas com o emblema de Alvalade.

Numa nota publicada no seu site oficial, o Sporting acrescentou que terá duas épocas de opção sobre o jogador de 23 anos, que vai ficar uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros. Os 'leões' não revelaram os contornos do negócio.

Formado no Feyernoord, Castaignos teve uma passagem pelo Inter de Milão, quando tinha apenas 19 anos, mas deu sobretudo nas vistas nas três épocas de passou no FC Twente.

Em 2015/16, na sua primeira e única temporada na primeira divisão da Alemanha, fez 21 jogos e marcou cinco golos pelo Eintracht Frankfurt.

O Sporting já tinha anunciado hoje a contratação do também avançado holandês Bas Dost, proveniente do Wolfsburgo, outro clube da 'Bundesliga'.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57

    Mundo

    Um casal foi detido na Califórnia acusado de tortura e escravidão dos 13 filhos: o mais velho tinha 29 anos e a mais nova dois. A polícia encontrou um cenário de horror quando entrou na casa da família, depois de uma das filhas ter fugido pela janela. Crianças e jovens estavam amarrados às camas e todos estavam mal alimentados. Mas nas redes sociais, o casal Turpin divulgava imagens de uma família feliz.

  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45
  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38