sicnot

Perfil

Desporto

Advogados de Platini querem explicações do Tribunal Arbitral do Desporto

Os advogados do antigo presidente da UEFA Michel Platini pediram ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) que explique os motivos da suspensão do antigo futebolista da presidência do organismo, entretanto reduzida de seis para quatro anos.

Numa mensagem enviada ao TAS, à qual a agência noticiosa AFP teve acesso, os advogados querem explicações sobre as motivações para a sentença, que em maio foi reduzida em dois anos.

Os advogados consideram "inadmissível" não terem recebido qualquer informação do TAS mais de três meses depois da redução da pena.

O antigo líder da UEFA foi condenado por abuso de confiança, conflito de interesses e gestão danosa no caso do pagamento de 1,8 milhões de euros pelo ex-presidente da FIFA mundial, Joseph Blatter

Platini, que chegou a apresentar a candidatura à presidência da FIFA este ano, foi inicialmente condenado a oito anos de suspensão pela Comissão de Ética da FIFA, a 21 de dezembro de 2015, mas a pena foi depois reduzida para seis anos pela Comissão de Recurso.

A 9 de maio deste ano, o TAS, na sequência de um recurso apresentado por Platini, reduziu para quatro anos a suspensão aplicada.

Lusa

  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabina e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19