sicnot

Perfil

Desporto

Benfica ainda espera por Rafa e Mangala fica de fora do plantel dos dragões

Benfica ainda espera por Rafa e Mangala fica de fora do plantel dos dragões

Entre rumores e confirmações, fazemos o balanço dos últimos dados sobre entradas e saídas nos três grandes do futebol nacional. A 24 horas do fecho do mercado de transferências o Benfica ainda espera por Rafa e Mangala deixou de ser hipótese para o Futebol Clube do Porto.

  • Rafa e Adrien são as principais incertezas do mercado de transferências
    2:21

    Desporto

    O mercado de transferências está quase a terminar, contudo ainda há incertezas no futebol português. O Sporting negou qualquer negociação para a saída de Adrien Silva. Já a imprensa inglesa fala numa proposta do Leicester por Adrien e Slimani, que pode chegar aos 56 milhões de euros. No Benfica, continua o impasse pela contratação de Rafa Silva ao Sporting de Braga. Os jogadores Lindelöf, Lisandro López e Salvio são alvo de cobiça, enquanto Carcela está de saída para o Granada. No Porto, Aboubakar foi cedido ao Besiktas e Mangala pode regressar ao Dragão.

  • Continua em aberto o mercado de transferência dos três grandes
    1:45

    Desporto

    O mercado de transferências ainda continua a dar que falar. No Sporting, a contratação do avançado André ainda está por finalizar por não haver acordo sobre o seu salário. A novela em torno de João Mário continua por resolver, mas o jogador pode ser uma opção para o clássico com o FC Porto. No Benfica, a entrada de Rafa parece ainda estar num impasse. O FC Porto deverá tornar oficial a entrada de Óliver Torres.

  • Futebol português já movimentou mais de 200 milhões de euros
    2:01

    Desporto

    O mercado de transferências ainda não fechou e, até agora, o futebol português já movimentou mais de 200 milhões de euros. O Benfica fez 64 milhões de euros em vendas e gastou 29 milhões em contratações. O Sporting fez 41 milhões de euros em vendas e gastou 27 milhões em contratações. Já o FC Porto fez 9,25 milhões de euros em vendas e gastou 24,7 milhões de reforços.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06