sicnot

Perfil

Desporto

Eduardo garante que a seleção tem noção da responsabilidade

Eduardo garante que a seleção tem noção da responsabilidade

Eduardo garantiu, durante uma conferência de imprensa esta manhã, que a seleção nacional de futebol tem noção da responsabilidade de ser campeã da Europa e que todos os jogos são importantes.

O guarda-redes Eduardo afirmou hoje que a seleção portuguesa de futebol está preparada para a ausência de Cristiano Ronaldo e negou que o fecho do mercado de transferências esteja a afetar alguns dos jogadores.

"Representar a seleção é sempre um momento importante e é nisso que devemos estar focados. O facto de o mercado estar aberto não afeta. Faz parte da nossa vida. Não acredito que isso afete no que quer que seja a disposição dos jogadores", afirmou Eduardo, numa altura em que jogadores como Rafa (Sporting de Braga) e Adrien (Sporting) ainda não têm o seu futuro definido.

Numa conferência de imprensa que decorreu minutos antes de mais um treino da seleção nacional na Cidade do Futebol, em Oeiras, o guardião do Chelsea abordou a ausência de Cristiano Ronaldo nos jogos com Gibraltar e Suíça e garantiu que a equipa está "preparada".

"O Cristiano faz sempre falta na seleção e nas equipas que representar. É o nosso 'capitão' e é um exemplo para nós, mas a equipa tem de ser saber responder à sua ausência e já o fez no passado. A equipa está preparada e temos outros jogadores que são capazes de fazer a diferença", referiu.

Para o guarda-redes de 33 anos, o objetivo de Portugal passa por vencer Gibraltar e iniciar o apuramento para o Mundial2018 com um triunfo na Suíça, um dos principais rivais da seleção lusa no Grupo B.

"O lema desta equipa é ganhar. Temos a responsabilidade de ganhar os dois jogos. Se antes os adversários já estavam motivados para jogar contra Portugal, mais agora estão depois de sermos campeões da Europa, mas nós não temos problemas com isso", disse Eduardo, acrescentado que a formação lusa vai encontrar "muitas dificuldades" para estar no Mundial2018 e "tem de estar preparada para isso".

O antigo guarda-redes de Benfica e Sporting de Braga, que está a viver um "novo desafio e aventura num dos maiores clubes do mundo" como o Chelsea, falou ainda da chamada de Marafona para render o lesionado Anthony Lopes.

"Ele tem dado uma excelente reposta. Se foi chamado é sinal que tem valor e capacidade para ajudar este grupo", considerou Eduardo, que tem 35 internacionalizações pela seleção nacional.

O particular da equipa das 'quinas' com Gibraltar está marcado para quinta-feira, no Estádio do Bessa, no Porto, enquanto a visita à Suíça, de qualificação para o Mundial2018, será em Basileia, a 06 de setembro.

Portugal está inserido no Grupo B juntamente com as seleções de Suíça, Andorra, Ilhas Faroé, Letónia e Hungria.

Com Lusa

  • "Quem faz isto sabe estudar os dias e o vento para arder o máximo possível"
    4:15
  • O balanço trágico dos incêndios do fim de semana
    0:51

    País

    Mais de 500 mil hectares de área ardida, 42 vítimas mortais, 71 de feridos, dezenas de casas e empresas destruídas. É este o balanço de mais um fim de semana trágico para Portugal a nível de incêndios florestais.

  • 2017: o ano em que mais território português ardeu
    1:41

    País

    Desde janeiro, houve mais área ardida do que em qualquer outro ano na história registada de incêndios florestais. Segundo dados provisórios do Sistema Europeu de Informação sobre Fogos Florestais, mais de 519 mil hectares foram consumidos pelas chamas até 17 de outubro, o que representa quase 6% de toda a área de Portugal. 

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • O que resta de Tondela depois dos incêndios
    1:07

    País

    O concelho de Tondela é agora um mar de cinzas, imagens recolhidas pela SIC com um drone mostram bem a dimensão do que foi destruído pelos incêndios. Perto 100 habitações principais ou secundárias, barracões, oficinas e stands arderam. 

  • Moradores reuniram esforços para salvar idosos das chamas em Pardieiros
    2:50

    País

    O incêndio de domingo em Nelas fez uma vítima mortal: um homem de 50 anos, de Caldas da Felgueira, que regressava de uma aldeia vizinha, onde tinha ido ajudar a combater as chamas. Em Pardieiros, no concelho de Carregal do Sal, várias casas arderam e uma jovem sofreu queimaduras ao fugir do incêndio. Durante o incêndio, pessoas reuniram esforços para salvar a povoação.

  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • As lágrimas do primeiro-ministro do Canadá

    Mundo

    O primeiro-ministro da Canadá, Justin Trudeau, emocionou-se esta quarta-feira ao falar de um artista que morreu depois de perder uma luta contra o cancro. Gord Downie, vocalista da banda de rock canadiana "The Tragically Hip", faleceu esta terça-feira, aos 53 anos, vítima de um tumor cerebral.