sicnot

Perfil

Desporto

Marcelo felicita atletas que vão para o Rio e promete acompanhar provas

Miguel A.Lopes

O Presidente da República garantiu esta quarta-feira que o país acredita nos atletas que vão representar Portugal nos Jogos Paralímpicos Rio2016, prometeu acompanhar as provas à distância e desejou a todos muitas felicidades em nome dos portugueses.

"Convosco estarão milhões e milhões de portugueses. Todos os votos de felicidades é o que vos formulo, com muita, muita amizade, em nome de Portugal", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, na receção à comitiva paralímpica que participará nos Jogos, que vão decorrer entre 07 e 18 de setembro.

No picadeiro do antigo Museu dos Coches, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou aos 37 atletas lusos, de sete modalidades, que chegou a hora de servirem Portugal, apesar de reconhecer a dificuldade da tarefa.

"Chegou agora a vossa hora de servir Portugal. Não é uma tarefa fácil, como se acabou de ver com os nossos olímpicos, a multiplicação de delegações, e a complexidade das competições torna a tarefa mais difícil", afirmou.

O primeiro-ministro, António Costa, destacou o exemplo de superação dado pelos atletas paralímpicos, e considerou-se um "privilegiado" por poder representar Portugal na cerimónia de abertura, agendada para 07 de setembro.

"O exemplo dos atletas paralímpicos é um exemplo que nos deve inspirar a todos, mas mais que inspirar deve motivar, a termos uma sociedade inclusiva na escola, no espaço publico e no mercado de trabalho", referiu.

António Costa considerou que os Jogos Paralímpicos "são o terceiro grande acontecimento que vai mobilizar o país, depois do Europeu de futebol e dos Jogos Olímpicos".

"Peço-vos que se superem e que nos ajudem a, sobretudo, superarmo-nos a nós próprios para termos uma sociedade cada vez mais inclusiva", disse António Costa.

Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, lembrou que "Portugal tem tido resultados extremamente importantes em Jogos Paralímpicos", acrescentando: "Quaisquer que sejam os resultados já partem como vencedores".

O presidente do Comité Paralímpico de Portugal, Humberto Santos, assegurou que todos partem empenhados em superar-se, apesar de relembrar que a cada edição a exigência desportiva da competição "cresce de forma desmesurada".

"Os atletas não deixarão por mãos alheias os créditos que lhes são reconhecidos, não obstante as assimetrias de preparação que são conhecidas", afirmou.

A cerimónia terminou com a tradicional foto de família com toda a delegação, que na sua maioria parte na quinta-feira de manhã para o Brasil, e as figuras de Estado presentes a entoarem o hino nacional.

Portugal vai marcar presença na competição, que reúne 4.350 participantes de 171 países, por 37 atletas, que competirão em sete modalidades.

Lusa

  • Miguel Vieira é o primeiro judoca paralímpico português
    2:45

    Rio 2016

    Os atletas paralímpicos estão a preparar-se para os Jogos do Rio de Janeiro, no próximo mês. Um deles é Miguel Vieira, o primeiro judoca paralímpico a representar Portugal. O atleta deixou Angola aos 20 anos e veio para Portugal fazer tratamento depois de ter perdido a visão.

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Costa confiante no crescimento da economia e das exportações
    1:09

    Economia

    O primeiro-ministro manifestou confiança no crescimento da economia e das exportações. À margem da cerimónia dos 25 anos da Auto Europa em Portugal, António Costa deu vários exemplos de investimento estrangeiro, feito nas últimas semanas no país, e disse que os dados económicos recentes são positivos.

  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47