sicnot

Perfil

Desporto

Alberto Bueno assume-se afortunado por voltar a Espanha

​O avançado Alberto Bueno, que chegou ao Granada por empréstimo do FC Porto, assumiu-se "afortunado" por "voltar a Espanha", ambicionando "voltar a ser feliz" e "ser importante" para a equipa da Liga espanhola de futebol.

Bueno, de 28 anos, foi contratado pelos dragões no início de 2015/16, depois de ter assinado 17 golos em 36 jogos pelo Rayo Vallecano, na Liga espanhola, tendo marcado dois golos nos oito jogos de 'azul e branco'.

"Tenho como objetivos pessoais voltar a ser feliz e ser importante para o Granada. Sinto-me afortunado por voltar a Espanha. Na minha etapa no Rayo Vallecano consegui ser feliz e quero voltar a consegui-lo aqui", referiu o madrileno, lamentando ter jogado pouco e sofrido uma lesão no emblema portista.

Bueno justificou parcialmente sua escolha pelo Granada com a possibilidade de reencontrar o treinador Paco Jémez, com quem coincidiu no emblema de Vallecas, naquele que será o seu quinto clube, depois de Real Madrid, Valladolid e Derby County.

O Granada, atual 17.º classificado no campeonato, conta com os defesas portugueses Luís Martins e Ruben Vezo, por empréstimo do Valência, e o médio marroquino Carcela, proveniente do Benfica.

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.