sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa na terceira ronda do US Open pela segunda vez

O tenista português João Sousa qualificou-se para a terceira ronda do US Open, a decorrer em Nova Iorque, ao derrotar o espanhol Feliciano López na quinta-feira, por 6-2, 6-4, 1-6, 7-5.

Sousa, 36.º do 'ranking' mundial, precisou de duas horas e 39 minutos para afastar o espanhol, número 18 da hierarquia e 16.º cabeça de série no torneio norte-americano, quarto e último evento do 'Grand Slam' da temporada.

Com a presença na terceira eliminatória, o vimaranense iguala o seu melhor registo em Flushing Meadows, cabendo-lhe enfrentar o vencedor do encontro que opõe o francês Jeremy Chardy e o búlgaro Grigor Dimitrov, 22.º pré-designado. Em caso de vitória, repete o percurso da edição de 2013, em que perdeu apenas para o sérvio Novak Djokovic.

Frente ao espanhol, Sousa esteve um 'break' abaixo no quarto 'set' (4-3) e na iminência de permitir que Feliciano López igualasse o encontro, mas conseguiu inverter o marcador a seu favor para 5-4 e fechou o confronto com novo 'break'.

Face ao mais poderoso serviço do espanhol (11 ases), o português respondeu com maior consistência no primeiro serviço e tirou partido dos 44 erros não forçados de Feliciano López, perante o qual soma agora dois triunfos em quatro encontros.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.