sicnot

Perfil

Desporto

Liga grega arranca após solução para nomeações dos árbitros

O ministro dos Desportos da Grécia, Stavros Kontonis, afirmou esta sexta-feira que a Liga grega de futebol vai poder arrancar no próximo fim de semana depois de ter sido encontrada uma solução para o problema das nomeações dos árbitros.

As duas primeiras semanas da nova época foram adiadas devido a uma disputa entre a Federação grega, a Superliga e os clubes sobre a nomeação de árbitros para os jogos do campeonato, em que o Olympicos, agora comandado por Paulo Bento, defende o título.

Kontonis decidiu adiar o início da temporada devido ao receio de que as disputas entre clubes, federação e o Estado nas últimas semanas pudessem provocar "riscos significativos para a ordem e segurança pública" suscetíveis de desencadear um "comportamento violento generalizado".

Após uma reunião de duas horas com os responsáveis dos clubes, Kontonis afirmou que agora cabe agora à federação e à Superliga concordarem sobre com um novo método para a nomeação dos árbitros.

No último mês, três grandes clubes, o Panathinaikos, o AEK e o PAOK fizeram saber que não participariam no campeonato, a menos que a federação invertesse os seus planos para gerir a nomeação dos árbitros.

O Panathinaikos tinha denunciado o que qualificou como o "campeonato dos árbitros fixos" e acusou a Federação de ter renegado o acordo que estabeleceu com os responsáveis da UEFA para alterar o método de nomeação dos árbitros.

O clube de Atenas foi mais longe ao acusar "organizações criminosas de desmantelarem o futebol grego e qualquer noção de justiça".

Por seu lado, o AEK tinha recusado a participar num campeonato organizado pelas "mesmas pessoas que planearam e cometeram crimes premeditados e ser cúmplice de uma organização criminosa".

Quanto ao PAOK, foi menos contundente nas críticas, mas não deixou de denunciar "a atitude irresponsável da federação" e alertou a tutela governamental de que "escusa de procurar asilo porque vai ter de enfrentar a justiça".

Lusa

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.