sicnot

Perfil

Desporto

Portugal treina em Basileia com todos os jogadores disponíveis

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

Fernando Santos contou esta segunda-feira com todos os 23 futebolistas convocados no treino de adaptação ao relvado do St. Jakob-Park, em Basileia, e Portugal deverá defrontar a Suíça na máxima força, na terça-feira, no arranque do apuramento para o Mundial2018.

Às 18:45 (17:45 horas de Lisboa), a seleção nacional começou a treinar no recinto helvético, com o selecionador nacional a ter no relvado todos os jogadores que levou para a Suíça, menos Cristiano Ronaldo, Renato Sanches e André Gomes, que já eram baixas confirmadas.

Nos primeiros 15 minutos do treino, que foram abertos à comunicação social, a equipa lusa realizou os habituais exercícios de aquecimento, com e sem bola, sob o olhar atento do presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, que marcou presença no apronto.

O jogo da primeira jornada do Grupo B de apuramento para o Campeonato do Mundo, que vai decorrer na Rússia em 2018, será o primeiro de Portugal depois da conquista do Campeonato Europeu.

O 21.º encontro entre Suíça e Portugal, o 12.º em solo helvético, está agendado para as 20:45 (19:45 de Lisboa) e terá arbitragem do espanhol Antonio Mateu Lahoz.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.