sicnot

Perfil

Desporto

Prognóstico "bom" para velocista espanhol que sofreu grave acidente de viação

© Michael Kooren / Reuters

O velocista espanhol Bruno Hortelano, campeão da Europa de 200 metros, que sofreu esta segunda-feira um grave acidente de viação, já saiu do bloco operatório de um hospital de Madrid, e o seu prognóstico foi considerado "bom" pelos médicos.

Hortelano, que foi operado a graves ferimentos na mão direita, com vários ossos fraturados e tendões danificados, "já saiu do bloco", comentou o seu representante, Alberto Armas, na rede social Twitter.

Segundo aquela fonte, "todas as zonas afetadas foram tratadas e o prognóstico é bom", afirmando ainda que "a mão mais afetada foi reconstruída".

O atleta também sofreu contusões na cabeça, aparentemente sem gravidade.

Bruno Hortelano proclamou-se campeão da Europa em julho, em Amsterdão, após a desqualificação do holandês Churandy Martina.

Um mês depois, nos Jogos Olímpicos Rio2016, voltou a fazer história para o atletismo espanhol, ao chegar às meias-finais dos 200 metros.

O jovem, nascido na Austrália, é recordista de Espanha dos 100 e 200 metros.

Lusa

  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Inspetores do SEF cansados das promessas do Governo
    1:00

    País

    O sindicato do SEF garante que a segurança contra o terrorismo vai ser assegurada na greve de quinta-feira e sexta-feira nos aeroportos. Acácio Pereira, do sindicato, diz que os inspetores são quase escravos e que estão fartos das promessas do Governo. A greve deverá afetar cerca de 30 mil pessoas. 

  • Graça Fonseca, a primeira governante a assumir-se homossexual
    1:02

    País

    A secretária de Estado da Modernização Administrativa deu uma entrevista ao Diário de Notícias onde assume a sua homossexualidade. É a primeira vez que um governante português o faz. Graça Fonseca assume esta posição pública como uma "afirmação política".