sicnot

Perfil

Desporto

Chama paralímpica já está acesa no Rio de Janeiro

© Pilar Olivares / Reuters

A chama paralímpica foi esta terça-feira acendida no Rio de Janeiro, no Museu do Amanhã, na véspera da abertura dos Jogos Paralímpicos de 2016.

A chama formou-se com a junção de cinco tochas vindas de outras cidades brasileiras - Brasília, Belém, Natal, São Paulo e Joinville - e ainda da inglesa Stoke Mandeville, sede do movimento paralímpico internacional.

O presidente do Comité Paralímpico Internacional, Philip Craven, disse na ocasião que os Jogos "são não só o resultado de quatro anos de treino, mas também o resultado de uma vida de dedicação e amor ao desporto".

Após a cerimónia, a tocha saiu, em estafetas, para percorrer vários locais da cidade brasileira, incluindo uma 'visita' ao Cristo Redentor.

Os Jogos Paralímpicos serão inaugurados quarta-feira com uma cerimónia no estádio do Maracanã.

Lusa

  • Manuel Pinho indiciado por corrupção no processo EDP
    1:31

    País

    Manuel Pinho foi constituído arguido no processo EDP em julho do ano passado, está indiciado por crimes de corrupção passiva e participação económica em negócio. Além da compra do apartamento em Nova Iorque, a Polícia Judiciária também desconfia de um curso de energias renováveis dado pelo antigo ministro da Economia, nos Estados Unidos. O curso foi patrocinado pela EDP, que alegadamente Pinho beneficiou enquanto esteve no Governo.

  • Com a entrada de Salgado o caso EDP "passou a ter uma dimensão política"
    6:23

    Opinião

    De acordo com o jornal Observador, os investigadores do processo EDP não têm dúvidas de que Ricardo Salgado pagou um milhão de euros a Manuel Pinho, através de transferências mensais, metade das quais quando Pinho era ministro da Economia, alegadamente em troca de decisões políticas favoráveis ao Grupo Espírito Santo e EDP. Ricardo Costa e José Gomes Ferreira estiveram no Jornal da Noite para comentar o processo. Para o diretor de Informação da SIC, a entrada de Ricardo Salgado no processo EDP fez com que a investigação passasse a ter uma dimensão política que não tinha.

    Ricardo Costa e José Gomes Ferreira

  • Susana Moraes trocou a economia pela dança
    7:21
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC