sicnot

Perfil

Desporto

Presidente do COI ausente da cerimónia de abertura dos Paralímpicos

O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), o alemão Thomas Bach, vai estar ausente da cerimónia de abertura dos Jogos Paralímpicos Rio2016, anunciou o presidente do Comité Paralímpico Internacional (IPC).

Thomas Bach vai estar presente nas cerimónias fúnebres do antigo presidente alemão Walter Scheel, que morreu em Berlim aos 97 anos.

"Recebi há dois dias uma mensagem de Bach indicando que não estaria presente, porque teria de assistir ao funeral de um amigo próximo", declarou Philip Craven, presidente do IPC, durante uma conferência de imprensa, no Rio de Janeiro, algumas horas antes da cerimónia de abertura.

É a primeira vez desde 1984 que um presidente do COI não está presente na cerimónia de abertura dos Jogos Paralímpicos.

A cerimónia realiza-se no estádio do Maracanã, a partir das 18:15 locais (22:15 em Lisboa).

Lusa

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.