sicnot

Perfil

Desporto

João Mário reconhece competitividade da liga italiana

O futebolista internacional português João Mário manifestou esta quinta-feira a convicção de que pode "ajudar" o Inter a atingir os seus objetivos na "muito competitiva" liga italiana de futebol.

"Espero poder ajudar os meus companheiros em campo. A Serie A é muito competitiva, temos de trabalhar muito, mas, juntos, podemos conseguir os nossos objetivos", disse, após o primeiro treino pelo clube transalpino.

Em declarações ao canal de televisão dos 'nerazzurri', o campeão da Europa disse ter sido "bem recebido" pelos seus novos companheiros e agora a ideia é preparar-se para poder começar a ajudar.

"Estou muito feliz por estar aqui. Hoje foi o meu primeiro treino. Agora quero preparar-me da melhor forma para o jogo com o Pescara", disse, referindo-se à visita de domingo ao Pescara, na terceira jornada.

O médio, que aos 23 anos trocou o Sporting pelo Inter, a troco de 45 milhões de euros para os leões, deixou ainda uma mensagem aos adeptos do seu novo clube, pedindo o seu apoio, pois lembra que o grupo "precisa da sua ajuda".

Cumpridas duas jornadas, o Inter, treinado pelo holandês Frank de Boer (substituiu Roberto Mancini a duas semanas do início do campeonato), soma apenas um ponto, pelo que está em o 17.º lugar.

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN, liderado por Luis Ribeiro, deu início à leitura do acórdão pelas 10:30, com quatro arguidos ausentes do tribunal, entre os quais Oliveira Costa. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.