sicnot

Perfil

Desporto

João Mário reconhece competitividade da liga italiana

O futebolista internacional português João Mário manifestou esta quinta-feira a convicção de que pode "ajudar" o Inter a atingir os seus objetivos na "muito competitiva" liga italiana de futebol.

"Espero poder ajudar os meus companheiros em campo. A Serie A é muito competitiva, temos de trabalhar muito, mas, juntos, podemos conseguir os nossos objetivos", disse, após o primeiro treino pelo clube transalpino.

Em declarações ao canal de televisão dos 'nerazzurri', o campeão da Europa disse ter sido "bem recebido" pelos seus novos companheiros e agora a ideia é preparar-se para poder começar a ajudar.

"Estou muito feliz por estar aqui. Hoje foi o meu primeiro treino. Agora quero preparar-me da melhor forma para o jogo com o Pescara", disse, referindo-se à visita de domingo ao Pescara, na terceira jornada.

O médio, que aos 23 anos trocou o Sporting pelo Inter, a troco de 45 milhões de euros para os leões, deixou ainda uma mensagem aos adeptos do seu novo clube, pedindo o seu apoio, pois lembra que o grupo "precisa da sua ajuda".

Cumpridas duas jornadas, o Inter, treinado pelo holandês Frank de Boer (substituiu Roberto Mancini a duas semanas do início do campeonato), soma apenas um ponto, pelo que está em o 17.º lugar.

Lusa

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • Bruno de Carvalho e Octávio Machado suspensos

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, e o diretor-geral para o futebol, Octávio Machado, foram esta terça-feira suspensos pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, na sequência de uma queixa apresentada pelo Benfica em novembro de 2015.

  • Corredora exausta é levada ao colo até à meta na meia maratona do amor
    1:06

    Mundo

    Aconteceu este domingo em Filadélfia, EUA. A poucos metros da meta uma corredora exausta é amparada por dois colegas. Mas o cansaço é tanto que fica sem força nas pernas. É quando aparece a terceira ajuda. Um homem volta para trás e leva-a no colo até à meta. A centímetros do fim larga-a para que a corredora possa atravessar a meta pelo seu próprio pé.

    Patrícia Almeida

  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho