sicnot

Perfil

Desporto

Blatter suspeito de novos indícios criminais de milhões de euros

© Reuters

O banido ex-presidente da FIFA Joseph Blatter e dois dos seus colaboradores foram hoje indiciados de novas suspeitas criminais, nomeadamente sobre bónus ilícitos na ordem dos 71 milhões de euros.

O Comité de Ética da FIFA defende que Blatter, o seu braço direito Jerome Valcke e o posterior substituto Markus Kattner receberam uma verba de oito dígitos em salários e bónus num "esforço coordenado para enriquecerem" entre 2011-2015.

A FIFA revela que transmitiu as suas descobertas à polícia suíça.

Em comunicado, o Comité de Ética anuncia que abriu um "processo formal" contra os três antigos dirigentes suspeitos de "conflito de interesses e corrupção".

Blatter está a cumprir um castigo de seis anos de suspensão por violações éticas de um pagamento de dois milhões de dólares (cerca de 1,8 milhões de euros) ao antigo presidente da UEFA, o francês Michel Platini, igualmente punido.

Valcke foi castigado em 12 anos, entretanto reduzidos para 10 após apelo, por má conduta sobre direitos de televisão e ainda sobre um escândalo sobre venda de bilhetes no Mundial2014 do Brasil.

Kattner, que substituiu temporariamente Valcke como braço direito de Blatter, foi demitido em maio após desvio de milhões de dólares.

Lusa

  • 2,1%. As reações ao défice de 2016

    Economia

    O défice orçamental ficou mesmo nos 2,1% do PIB. Os partidos já reagiram àquele que é o valor mais baixo em democracia.

  • Comboios Alfa vão ter bancos com tomadas elétricas e wi-fi
    2:06
  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Nus e acorrentados em frente a Auschwitz

    Mundo

    Catorze pessoas com idades entre os 20 e os 27 anos despiram-se e acorrentaram-se em frente ao portão de Auschwitz, antigo campo de concetração nazi na Polónia, depois de terem degolado um carneiro. Ninguém sabe ainda porquê.

  • A coleção de gerigonças de Ana Catarina Mendes
    1:51
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33
  • Viaduto de Alcântara condicionado
    1:36

    País

    O viaduto de Alcântara, em Lisboa, continua com o trânsito condicionado mas apenas sobre o tabuleiro e no sentido Alcântara Terra - Alcântara Mar. A circulação só será reposta depois de uma nova vistoria, ainda sem data marcada.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07