sicnot

Perfil

Desporto

Isabel dos Santos torna-se dirigente no desporto angolano

A empresária angolana Isabel dos Santos, que lidera a petrolífera estatal Sonangol, vai ser presidente da assembleia-geral do Petro de Luanda, um dos clubes mais representativos de Angola.

Segundo informação divulgada pelo próprio clube, Isabel dos Santos, primeira filha do Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, lidera a lista àquele órgão nas eleições de 17 de setembro, tendo como candidato a vice-presidente (da assembleia-geral) Paulino Jerónimo, por sua vez presidente da comissão executiva da Sonangol, empresa patrocinadora do clube.

Na mesma lista - única - concorre ao cargo de presidente da direção do Petro (Atlético Petróleos de Luanda) Tomás Faria, que será reeleito.

Considerada a mulher mais rica de África, Isabel dos Santos, 43 anos, tem negócios sobretudo na banca, energia e telecomunicações em Angola e Portugal.

Desde que assumiu o cargo de presidente do conselho de administração da Sonangol, em junho último, que Isabel dos Santos tem sido apontada por alguma imprensa local como possível candidata à sucessão do pai na liderança do país.

Fundado em 1980, o Petro de Luanda é um dos mais carismáticos clubes de Angola, com cerca de 9.000 sócios e vários títulos conquistados em modalidades como andebol, basquetebol, futebol, voleibol ou hóquei em patins, mas também atividades de ginástica, atletismo, karaté e vela.

Lusa

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • "Vi o Bas Doost a jorrar sangue para o chão (...) revoltei-me!"
    3:28
  • "Esta semana parecia um filme de terror"
    2:24

    Desporto

    O treinador do Sporting falou pela primeira vez à imprensa desde as agressões de que foi alvo em Alcochete. Jorge Jesus disse que a última semana "parecia um filme de terror" e deixou um agradecimento especial aos adeptos e à "capacidade emocional" dos jogadores.

  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29