sicnot

Perfil

Desporto

Hugo Pinheiro, Manuel Centeno e Silvano Lourenço no Sintra Portugal Pro 2016

© Reuters

Os bodyboarders Hugo Pinheiro, campeão nacional, Manuel Centeno e Silvano Lourenço receberam os convites (wild cards) para o Sintra Portugal Pro 2016, a decorrer entre 13 e 18 de setembro, na Praia Grande, Sintra, anunciou hoje a organização.

O Circuito Mundial de BodyBoard APB volta a Portugal com cerca de 140 atletas de mais de 20 nacionalidades nas categorias Open, Feminino, Junior e na variante DropKnee.

Na categoria Open e como convidados, estão de volta os dois portugueses mais bem-sucedidos no circuito mundial, Hugo Pinheiro e Manuel Centeno (ambos com o sexto lugar), assim como, Silvano Lourenço e o chileno Renato Arellano.

No Dropknee, a bodyboarder canária Marina Taylor, detentora de seis títulos europeus e campeã mundial em 2006, estará presente na 21.ª edição do Sintra Portugal Pro para se despedir da competição internacional.

Teresa Almeida e Ana Adão são as convidadas para a categoria de Feminino.

Lusa

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras