sicnot

Perfil

Desporto

Aboubakar não quer voltar ao FC Porto

O futebolista camaronês Vincent Aboubakar disse esta terça-feira, após o empate a um golo na Luz com o Besiktas para a Liga dos Campeões, que não quer voltar ao FC Porto, clube em que diz não se sentir desejado.

"O FC Porto fez a sua escolha, que eu respeito, e quando as pessoas pensam desta maneira o melhor é procurar outro lugar do que regressar a um lugar onde não gostam de ti", respondeu o ponta de lança camaronês quando questionado se poderia voltar aos 'dragões'.

Aboubakar foi claro nas palavras: "Não (quero voltar ao FC Porto). No futebol tem de haver respeito e tem de se respeitar os jogadores. Eu sempre respeitei os dirigentes do FC Porto".

O internacional dos Camarões foi cedido por empréstimo pelo FC Porto ao campeão turco, que pagou pela transação 2,5 milhões e meio de euros por uma época, com a opção de compra do passe por 10 milhões no final da temporada, o que perfaz um total de 12,5 milhões de euros.

O jogador alinhou esta terça-feira como titular pelo Besiktas no estádio da Luz, em jogo do grupo B da Liga dos Campeões, que terminou com um empate a um golo.

Lusa

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.