sicnot

Perfil

Desporto

Enrique Cerezo diz que Atlético de Madrid tem "a melhor equipa" dos últimos anos

© Miguel Vidal / Reuters

O presidente do Atlético Madrid, Enrique Cerezo, considerou esta terça-feira que os colchoneros têm "a melhor equipa" dos últimos anos e espera poder alcançar de novo o final da Liga dos Campeões de futebol.

Horas antes do início do jogo dos espanhóis contra o PSV Eindhoven, da primeira jornada do Grupo D, Cerezo confessou que o clube tem "o melhor plantel que o Atlético de Madrid nunca teve".

"Como sempre, vamos começar a tentar vencer tudo o que podermos, o que pode ser muito, lutando sempre, trabalhando e fazendo as coisas bem. La Liga é o campeonato por excelência, com muitos jogos. Queremos fazer uma época magnífica, também na Liga dos Campeões, que é mais curta e talvez mais fácil. Queremos dar tudo", disse o presidente Cerezo.

O Atlético de Madrid ficou impedido de assinar contratos com novos jogadores até 2018, após ter violado as normas relativas à contratação de jogadores menores de idade.

Sobre esta situação, o presidente do Atlético classificou como "totalmente injusta" a sanção da FIFA ao clube.

Nos últimos três anos, o Atlético de Madrid atingiu duas finais e uma vez os quartos-de-final na Liga dos Campeões.

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07