sicnot

Perfil

Desporto

Russa Abakumova perde prata do dardo de Pequim 2008 por doping

© Dominic Ebenbichler / Reuters

A russa Maria Abakumova vai ter de devolver a medalha de prata do dardo dos Jogos Olímpicos de 2008, disputados em Pequim, após a reanálise das colheitas de sangue então feitas, anunciou esta terça-feira o COI.

Em comunicado, o Comité Olímpico Internacional explica que a atleta deu positivo por turibanol, um esteroide anabolisante.

Na prova de Pequim, ganha pela checa Barbara Spotaková, a alemã Christina Obergföll passa a prata e a britânica Goldie Sayers chega ao pódio, com o bronze.

Abakumova viria depois a ser campeã do mundo em 2011 e nos Jogos de Londres, no ano seguinte, ficou pelo décimo lugar, antes de revalidar o título mundial em 2013, em Moscovo.

Outros casos agora conhecidos, mas sem implicação a nível de pódios, são os de Inga Abitova, sexta nos 10.000 metros, e Denis Alexeev, 23.ª dos 400 metros. No ciclismo, é Ekaterina Gnidenko, oitava no keirin de Londres2012, que acaba de ser desclassificada - a exemplo de Abakumova, as três situações por turinabol.

Lusa

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão